56º Baile Municipal do Recife reuniu multidão em noite de festa e solidariedade

Foto: Andrea Rego Barros

O Classic Hall se transformou em um grande picadeiro para receber o 56° Baile Municipal do Recife, neste sábado (15). A magia, a alegria e as cores do circo deram o tom da prévia carnavalesca mais solidária da cidade, enquanto os convidados desfilavam toda criatividade com suas fantasias. O prefeito Geraldo Julio e a primeira dama Cristina Mello comandaram o evento, que contou com a presença do governador de Pernambuco Paulo Câmara, da primeira dama do estado, Ana Luiza Câmara e demais autoridades. A folia reuniu aproximadamente 13 mil pessoas.

O prefeito Geraldo Julio reafirmou a importância do baile e da causa maior que ele está à serviço.  “O Baile está todo arrumado com a alegria do circo para receber o folião. Está tudo muito bonito. Mas sobretudo este é um baile solidário, que vai ajudar seis instituições beneficentes, que vão receber a renda  de quem comprou os ingressos. Vai ser uma festa de sete horas, com muito frevo, música e dança e que ao mesmo tempo, todo mundo que veio para cá fez um gesto de solidariedade em prol dessas entidades”, destacou o prefeito, na sua chegada ao evento.

O governador Paulo Câmara enalteceu a festa. “Quero parabenizar a prefeitura que mais uma vez fez uma linda festa, mantendo as tradições do Frevo e da cultura popular.  Por mais um ano vamos construir um grande Carnaval de paz e de muita alegria, as pessoas podem vir brincar, podem vir a Pernambuco e Recife, porque mais uma vez vamos ter uma grande festa”, afirmou o governador.

Homenageados da folia recifense este ano, o Maestro Edson Rodrigues e o Bloco das Flores foram os cicerones da festa e abrilhantaram o baile com apresentações para lá de animadas. Os artistas abriram alas para apresentações de Rodrigues, Gustavo Travassos e Coral Edgar Moraes, o samba de Gerlane Lopes e sua orquestra de Bambas, além de maestro Spok, Nena Queiroga, Almir Rouche e André Rio.

Pela primeira vez no Baile Municipal, a cantora baiana Margareth Menezes foi uma das atrações principais e ao lado de Elba Ramalho e Fafá de Belém, colocaram os foliões para dançar. Em mais uma edição, o evento vai reverter cerca de R$500 mil das vendas dos ingressos para instituições beneficentes do Recife: Creche Beneficente Amiguinhos, o Instituto de Assistência Social Dom Campelo (IASDOC), o Centro Social Dom João Costa, a União de Mãe de Anjos, a Tribo Indígena Carijós do Recife e a Fundação Alice Figueira. Desde 2013, a renda do baile, cuja venda de ingressos é beneficente, reverteu cerca de R$ 3,65 Milhões para 45 instituições.

Curtindo a sua primeira edição do Baile a foliã Flávia Guedes falou sobre a emoção de participar da prévia carnavalesca e ainda ajudar. “É uma festa muito  importante, porque além de nos divertirmos muito, ajudamos socialmente muitas pessoas, um incentivo para que elas tenham mais oportunidades. É minha primeira vez aqui e eu estou adorando. Amei o tema da festa sobre o Circo, traz uma emoção maior a celebração”, pontuou Flávia.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.