Agrestina comemora 93 anos com programação cívica, cultural e inaugurações

By 13/09/2021 - 16:11ColunaFalaPE

Agrestina comemorou seus 93 anos de Emancipação Política no último sábado, dia 11. O município foi emancipado no dia 11 de setembro de 1928, e passou a se chamar Agrestina por localizar-se no coração do Agreste de Pernambuco. O Governo Municipal, através da Secretaria de Cultura e Turismo, preparou uma programação especial para celebrar o momento. O evento foi realizado seguindo todos os protocolos sanitários.

A programação teve início na última quarta-feira (8), com uma missa em Ação de Graças na Igreja Matriz de Santo Antônio, corte do bolo e apresentações culturais. No dia 11, aniversário da cidade, uma alvorada percorreu as principais ruas da cidade às 6h da manhã. Às 8h, a população acompanhou a tradicional solenidade de hasteamento das bandeiras, em frente à Prefeitura. Estiveram presentes os poderes Executivo, Legislativo e Eclesiástico, autoridades, personalidades ilustres, secretariado municipal, e os Deputados Estaduais de Pernambuco, Guilherme Uchôa Júnior (PSC) e João Paulo Costa (Avante).

O momento também foi de homenagens. Um minuto de silêncio foi feito em memória da educadora, Aleir Ribeiro, uma grande baluarte da educação agrestinense. A doceira agrestinense e Patrimônio Vivo de Pernambuco, Dona Menininha do Alfenim, também foi homenageada pelo Governo Municipal, recebendo das mãos do prefeito, Josué Mendes, um título em homenagem aos relevantes serviços prestados à cultura do Estado de Pernambuco. Já o estudante da Rede Municipal de Ensino, José Samuel, encantou o público ao homenagear Agrestina dedilhando em sua sanfona o hino da cidade. Após as homenagens foi realizado o descerramento da placa que marca a primeira sede do Poder Executivo de Agrestina, no ano de 1928. A história foi relatada para o público presente, ali mesmo, por um historiador local.

O evento também contou com entrega de equipamentos públicos à população. As novas bases do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e da Guarda Civil Municipal, localizadas no prédio da antiga cadeia pública da cidade, foram inauguradas. Os novos equipamentos, agora em sedes próprias, vai trazer não somente melhorias na qualidade dos serviços, mas também uma significativa economia para os cofres públicos. “O SAMU trabalha com a precocidade, faz com que se evite sequelas, e até mesmo a morte. O que está sendo entregue aqui é um serviço importantíssimo para a população.”, disse a secretária de Saúde de Agrestina, Scheila Gonçalves.

Na ocasião, o prefeito, Josué Mendes, anunciou mais obras que serão entregues em breve à população, e o Deputado Estadual, João Paulo Costa (Avante), investimentos para Agrestina. “Vamos viabilizar R$ 1 milhão para pavimentação nesta cidade”, disse.

A programação pelos 93 anos de Emancipação Política de Agrestina segue até o dia 30 de setembro, com a exposição Minha Cidade tem História e Memórias, que será aberta à visitação no dia 27, às 14h. A exposição ficará localizada na Quadra Poliesportiva Joelson de Souza Mendes, às margens da BR 104.

Fotos: Jônata Daniel (Decom)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.