Álvaro Porto pede implantação de unidades do Compaz em Garanhuns e Palmares

By 24/03/2022 - 12:50Pernambuco

O deputado estadual Álvaro Porto solicitou ao governo do estado a implantação de unidades do Centro Comunitário da Paz (Compaz) no municípios de Garanhuns, no Agreste Meridional, e Palmares, na Mata Sul. Protocoladas junto à Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, as indicações ressaltam que os equipamentos têm papel relevante no regate da cidadania e na promoção da inclusão social, devendo ser instalados em todas as regiões de Pernambuco.

“O Centro Comunitário da Paz foi concebido com foco na prevenção à violência, inclusão social e fortalecimento comunitário, atuando na contramão do preconceito e da discriminação que precisam acabar em nossa sociedade”, diz. “A inclusão social resgata a dignidade das pessoas e as concede uma condição de vida mais humana e, sobretudo, justa. A dignidade é um direito de todo e qualquer cidadão, por isso, a inclusão social precisa ser cada vez maior”, completa.

O Compaz oferece serviços para resolução de pendências de documentação, orientações judiciárias, mediação de conflitos e informações sobre assistência social, além de capacitação para geração de renda. “Esse é o caminho mais eficaz para combater a violência e exercer a cidadania”, reitera Porto.

O deputado destaca ainda que dados da Secretaria de Defesa Social de Pernambuco (SDS/PE) apontam que, no raio de um quilômetro das unidades do Compaz, o índice de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) caiu entre 27% e 35% no comparativo de 2018 para 2017.

“A construção do Compaz em Garanhuns, com mais de 140 mil habitantes, e em Palmares, com cerca de 60 mil, será, portanto, de grande importância para a cidadania nos respectivos municípios e nas regiões onde estão localizados”, afirma.

Os pedidos foram encaminhados ao governador Paulo Câmara, e ao secretário de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, Sileno Guedes.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.