Álvaro Porto quer cursos profissionalizantes do Projeto Ideia em 18 municípios de todo o Estado

By 07/06/2022 - 12:58Pernambuco

A destinação de cursos de qualificação do Projeto Ideia para jovens e adultos de 18 municípios municípios do Agreste, Mata, Sertão e Região Metropolitana do Recife foi alvo de solicitação do deputado estadual Álvaro Porto (PSDB) ao Governo do Estado.

Em indicação encaminhada à Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, o deputado pede que os cursos sejam direcionados a Palmares, Jaqueira, São Benedito do Sul, Quipapá (Mata Sul), Calçado, São Caetano, Canhotinho, Panelas, Angelim, Palmeirina, Capoeiras, Sanharó, Bonito e Garanhuns (Agreste), Carnaíba (Sertão do Pajeú), Cabrobó (Sertão do São Francisco), Camaragibe e Moreno (Grande Recife).

Porto justifica seu apelo ressaltando que a educação profissional tem o objetivo de desenvolver competências profissionais de jovens e adultos em diversas atividades do setor produtivo para suprir uma demanda por mão de obra qualificada e certificada.

“A importância de um curso profissionalizante se deve, entre outros fatores, aos efeitos positivos que ele pode trazer para a carreira. Afinal, os métodos e conteúdos disponibilizados nos cursos são desenvolvidos especificamente de acordo com o perfil profissional e o mercado no qual estão inseridos”, diz.

O parlamentar pontua que o objetivo do Projeto Ideia é justamente oferecer capacitação profissional técnica e orientação empresarial para os trabalhadores autônomos, microempreendedores individuais e potenciais empreendedores.

Dentro do organograma do Governo a execução do programa está a cargo da Secretaria Executiva da Micro e Pequena Empresa e Fomento ao Emprego, por meio de convênio com instituições contratadas e com expertise em formação profissional.

“Este projeto é uma forma de incentivo ao desempenho do empreendedor individual e do autônomo, com recursos da receita interna do Governo do Estado”, assinala o deputado.

O Ideia acaba por desenvolver, ainda segundo Porto, ações de fomento ao empreendedorismo, gerando oportunidades para os empreendedores autônomos, potenciais empresários, Microempreendedores Individuais (MEI), Microempresas (ME) e EPP (Empresa de Pequeno Porte).

Após protocolado na Alepe, o pedido foi encaminhado ao governador, Paulo Câmara e ao secretário estadual do Trabalho, Emprego e Qualificação, Alberes Lopes.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.