Anderson sai em defesa de Bolsonaro: “Danilo tem que ter vergonha na cara”

By 11/04/2022 - 20:30Pernambuco
Foto: Leandro de Santana/Divulgação

Anderson Ferreira, pré-candidato do Partido Liberal (PL) ao Governo de Pernambuco, reagiu duramente, nesta segunda-feira (11), às falas de Danilo Cabral (PSB), pré-candidato da Frente Popular, em entrevista à Rádio CBN Recife. Ao fazer a defesa do governo Paulo Câmara (PSB), diante das críticas da população, e dos índices negativos em áreas como empregabilidade e atração de investimentos, Danilo atribuiu o mal desempenho do correligionário ao presidente Jair Bolsonaro (PL), ao qual chamou de “inimigo de Pernambuco”.

“Falta, no mínimo, ao candidato de Paulo Câmara, Danilo Cabral, vergonha na cara. Ir a uma emissora de rádio falar sobre esperança, futuro e novos projetos, além de encenação, é de uma absurda falta de respeito para com o povo de Pernambuco. Querer culpar o Governo Federal e o presidente da República, Jair Bolsonaro, pela incompetência do governador Paulo Câmara, não faz sentido. Desses quase 16 anos de gestão do PSB, pouco mais de três Bolsonaro esteve como presidente, e o Governo Federal não deixou de investir em Pernambuco nesse período. As vacinas não caíram do céu e nem foi o Governo do Estado que deu o auxílio emergencial aos mais impactados pela pandemia”, disse Anderson.

Ex-prefeito, por dois mandatos, da segunda maior cidade do estado, Jaboatão dos Guararapes, Anderson afirmou ter estranhado o discurso de Danilo ao dizer que pretende cuidar bem do município. “Paulo Câmara, de quem Danilo é candidato, nunca enviou recursos para ajudar Jaboatão, em nada, sempre priorizou seus aliados. Então, se esse é o discurso dele, de Danilo Cabral , começou muito mal, ainda mais porque, a carta de salvação que o PSB tem sempre na manga, na verdade, é uma carta pela metade nessas eleições: Lula”, disse Anderson. E ironizou: “Só espero que eles não baixem o nível nessas eleições como fizeram com o PT nas eleições passadas”.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.