“Armando Neto segue na contramão do que é melhor para o povo”, afirma Waldemar Borges

O ex-ministro do desemprego de Dilma Rousseff,  Armando Monteiro Neto, segue na contramão do que é melhor para a população. Talvez levado por um sentimento de vingança, já que foi derrotado duas vezes nas urnas pelo governador Paulo Câmara, Armando tem colocado sempre essa sequela à frente daquilo que é melhor para o povo. 

O recente anúncio de seu apoio à candidatura de Marília Arraes à Prefeitura do Recife é um bom exemplo disso. O ex-senador gastou mais tempo botando gosto ruim nos adversários do que elogiando a sua aliada.

A possibilidade de ver o Recife seguir avançando sob o comando do jovem inteligente,  determinado e competente João Campos faz Armando revelar a frustração por ter escolhido, nas  últimas eleições, um lado que coleciona derrotas nos últimos pleitos majoritários em todos os níveis, em nosso estado. Na sua cabeça, o povo deve ter errado em todas elas e ele e seu grupo, acertado. 

Vale lembrar que a única vitória majoritária de Armando Monteiro Neto foi garantida durante sua passagem pela Frente Popular, quando o saudoso ex-governador Eduardo Campos ajudou a elegê-lo senador, nas eleições de 2010. Essa gratidão, infelizmente, Armando teima em não demonstrar.

Waldemar Borges

Deputado Estadual pelo PSB

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.