All Posts By

fernandanegromonte

Serra Talhada vacina neste fim de semana mais de 650 grávidas e puérperas dos dez municípios da XI Geres

By Sertão do Pajeú No Comments

A Prefeitura de Serra Talhada realizou neste final de semana a vacinação de mulheres grávidas e puérperas a partir de 18 anos contra a Covid-19 dos dez municípios que integram a XI Gerência Regional de Saúde, atendendo nos dois dias 652 mulheres com a primeira dose do imunizante da Pfizer/BioNTech, sendo 314 serra-talhadenses e 338 de outras cidades.

No primeiro dia de vacinação deste grupo prioritário, realizada no sábado (15) na sede da Autarquia Educacional de Serra Talhada – AESET/FAFOPST, foram vacinadas um total de 488 mulheres da regional, sendo 227 serra-talhadenses. Já neste domingo (16), 164 mulheres receberam o imunizante, sendo 87 de Serra Talhada.

A prefeita Márcia Conrado esteve no local de vacinação e comemorou a chegada das 1.344 doses da Pfizer/BioNTech. “É uma alegria muito grande para a gente poder iniciar a imunização das nossas gestantes e puérperas contra a Covid-19, atendendo não somente as mulheres de Serra Talhada, mas de todos os municípios da XI Geres, com mais de 1.300 doses de esperança que chegam para a população da nossa região”, afirmou.

A Secretaria de Saúde de Serra Talhada informa que nesta segunda-feira (17) está sendo realizada a vacinação das puérperas nas maternidades, para atender as mulheres que tiveram filhos nos últimos dias e ainda não podem se locomover até o local de vacinação.

A vacinação das grávidas e puérperas retardatárias, aquelas que por algum motivo não conseguiram se vacinar neste final de semana, acontecerá nesta terça (18) e na quarta (19), das 07h às 16h, na AESET/FAFOPST. As grávidas precisam apresentar o cartão do pré-natal ou exame de confirmação da gestação; as puérperas devem apresentar a certidão de nascimento ou declaração de nascido vivo da criança.

As serra-talhadenses precisam realizar o cadastramento no aplicativo VacinaSerra, disponível no site: http://www.serratalhada.pe.gov.br.

Delegada Gleide Ângelo apresenta projeto de lei contra insalubridade no trabalho dos entregadores de aplicativos

By Pernambuco No Comments


Proposta da deputada determina a obrigatoriedade para a criação e instalação de pontos de apoio para a categoria

A Delegada Gleide Ângelo apresentou o projeto de lei Nº2163, o qual determina que as empresas que trabalham fornecendo ou intermediando serviços de entregas de alimentos e de mercadorias ou de transporte de passageiros, através de aplicativos e plataformas digitais, deverão disponibilizar aos seus prestadores de serviço, pelo menos, um local fixo que sirva como ponto de apoio para os entregadores cadastrados em cada município pernambucano que seja atendido por elas.

A proposta procura reduzir as precárias condições de trabalho, exposição a insalubridades e a risco diversos a que estes trabalhadores se submetem durantes suas jornadas de serviço – que podem ultrapassar até 12h diárias. Desta maneira, o projeto da deputada prevê que devem ser disponibilizados estruturas que contenham itens como sanitários masculino e feminino, chuveiros individuais e vestiários, além de sala para apoio e descanso, com acesso à internet sem fio e pontos gratuitos para recarga de celulares – fundamentais para a execução da atividade – assim como área para refeição e estacionamento e/ou bicicletário.

A medida abarca todas as cidades de Pernambuco que sejam atendidas pelos serviços de aplicativo, sendo o número de imóveis proporcional ao quantitativo da população, com a necessidade de pontos adicionais a cada 250.000 habitantes. Assim, além dos entregadores atuantes na capital, aqueles que atendem cidades como Olinda e Jaboatão, na região metropolitana, como também Caruaru e Petrolina, no agreste e no sertão, já seriam beneficiados.

Vamos oferecer as mínimas condições de qualidade e dignidade ao trabalho dos entregadores e motoristas de aplicativos. Além de todos os riscos que enfrentam durante o serviço, eles ainda têm que lidar com os riscos e perigos do trânsito, a exposição a altas temperaturas, a violência urbana, a jornada de trabalho exaustiva, a exposição a doenças infectocontagiosas, os gastos com a manutenção do veículo e das bicicletas e o elevado preço dos combustíveis”, explica a parlamentar.

Diversos estudos a respeito destas novas relações de trabalho apontam para a crescente insegurança nas condições de trabalho da categoria, maximizada com o surgimento da pandemia da Covid-19. Uma pesquisa feita Universidade Estadual de Campinas/SP (Unicamp), Ministério Público do Trabalho e a Universidade Federal do Paraná, sobre as condições de trabalho de entregadores via plataforma digital durante a Covid-19, identificou, em todo país, um aumento da precarização das condições de trabalho, com jornadas de trabalho mais intensas e queda nos rendimentos obtidos pelos entregadores.

IMPRENSA
Alissa Farias – (81) 98676-0683

Paulista aguarda chegada da CoronaVac para aplicação da segunda dose e segue imunizando com a AstraZeneca

By Região Metropolitana do Recife No Comments


Diante da falta da CoronaVac no município, a Secretaria de Saúde aguarda a chegada de novos lotes da vacina. A aplicação da AstraZeneca continua sendo administrada para os grupos pertencentes à etapa atual da vacinação

Desde o início da vacinação, Paulista segue com o compromisso de imunizar a população de acordo com as etapas estabelecidas pelo Ministério da Saúde. Contudo, em decorrência da falta do imunizante CoronaVac no município, a Secretaria de Saúde aguarda a chegada de novos lotes para dar continuidade à imunização dos idosos acima de 60 anos que aguardam receber a segunda dose da CoronaVac. Na última quinta-feira (13), cerca de 2.600 doses da CoronaVac chegaram no município. Todas as doses foram administradas na última sexta-feira (14).

Na última sexta-feira (14), também foi aberto agendamento para imunização de gestantes e puérperas. Houve um mutirão de vacinação no último sábado (15), das 9h às 13h, no pátio da Igreja Nossa Senhora do Ó. A vacina utilizada foi a da Pfizer. Os imunizantes foram remanejados através da articulação da Secretaria de Saúde do Paulista com o PNI estadual e a Prefeitura de Olinda.

Nesta segunda-feira (17), a administração da segunda dose continua para aqueles que receberam o imunizante da Oxford/AstraZeneca e completaram 90 dias da primeira imunização. Essas pessoas já podem se dirigir a qualquer um dos pontos de vacinação para receber a segunda aplicação, sem necessidade de agendamento. É necessário apenas estar com cartão de vacinação e documento de identidade em mãos no dia, hora e local agendados.

O imunizante da AstraZeneca também está sendo utilizado na administração da primeira dose nos grupos pertencentes à etapa atual da vacinação:

  • Profissionais de saúde
  • Idosos acima de 60 anos
  • Grupos com comorbidades de 18 a 59 anos (Pessoas transplantadas de órgãos sólidos ou medula óssea; Pessoas com doença renal crônica em terapia de substituição renal (diálise); Obesidade mórbida; Pessoas com Síndrome de Down; Pessoas vivendo com HIV)
  • Pessoas com comorbidades entre 55 e 59 anos (Diabetes mellitus, Pneumopatias Crônicas graves, Hipertensão arterial resistentes e nos estágios 1, 2 e 3 com lesão em órgão-alvo e/ou comorbidade, Insuficiência cardíaca (IC), Cor-pulmonale e Hipertensão pulmonar, Cardiopatia hipertensiva, Síndromes coronárias, Valvopatias, Miocardiopatias e Pericardiopatias, Doenças da aorta, dos grandes vasos e fissuras arteriovenosas, Arritmias cardíacas, Cardiopatias congênitas no adulto, Próteses valvares e dispositivos cardíacos implantados, Doenças cerebrovascular, Imunossuprimidos, Pacientes oncológicos com tratamento quimioterápico ou radioterápico nos últimos seis meses, Hemoglobinopatia grave, Cirrose hepática)

Esses grupos precisam realizar agendamento através do site http://www.agendamentovacinapaulista.com.br ou através do aplicativo Cidadão Digital, disponível para download em dispositivos Android na página inicial do site. Além disso, também precisam estar com um laudo médico comprovando a comorbidade na hora de receber a vacina.

Confira os locais de vacinação para a aplicação do imunizante de Oxford/AstraZeneca. O funcionamento é das 9h00 às 16h00:

  • Centro Administrativo
    Avenida Prefeito Geraldo Pinho Alves, 222 – Maranguape I
  • Drive-Thru da Aurora
    Rua da Aurora – Centro
  • Clube Municipal de Paratibe
    Rua Dr. José Mariano, s/n – Paratibe
  • Igreja de Nossa Senhora de Ó.
    Avenida Dr. José Cláudio Gueiros leite, 7113
  • FASUP
    Rua Dr. José Claudio Gueiros Leite, 3580 – Janga
  • Drive PE-22

Antigo núcleo do BPRV, próximo ao trevo que dá acesso a Maria Farinha

  • Clube Municipal do Nobre Rua do Nobre, s/n

Coluna Fala PE – Jereissati candidato mata dois “coelhos presidenciáveis” com uma só cajadada

By ColunaFalaPE No Comments

A Coluna Fala PE desta segunda (17) inicia a semana com a continuação do assunto tratado no último sábado (15), os cenários (não tão animadores) do PSDB para a eleição presidencial de 2022. E o fato novo (nem tão novo assim) é o ingresso de um figurão tucano na corrida pelo Palácio do Planalto: o mega empresário, ex-governador e atual senador pelo Ceará, Tasso Jereisatti. A entrada oficial do experiente político na disputa pode representar a derrubada de dois “coelhos presidenciáveis” com uma só cajadada.

De cara, a pré-candidatura de Tasso dá um banho de água fria nas pretensões do governador de São Paulo, João Dória, de ser o candidato a presidente de um PSDB unificado. O tucano paulista teria, no mínimo, de enfrentar uma prévia com o senador pela vaga de cabeça de chapa do partido. E, como todos sabemos, prévias não fazem bem a ninguém, a não ser aos adversários. Dória ficou ainda mais enfraquecido porque, nem nem bem anunciou seu desejo de concorrer, Tasso já ganhou de quebra o apoio da principal liderança da sigla, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que, como a maioria dos tucanos de alta plumagem, não engole o governador paulista.

O outro “coelho presidenciável” a ser derrubado pela cajadada que a candidatura de Jereissati representa é seu conterrâneo Ciro Gomes, do PDT. Uma candidatura dos dois políticos mais proeminentes do Ceará dividiria seus votos no próprio estado. E como um postulante quer virar presidente se não consegue a quase totalidade dos votos nas sua própria terra? Sem falar que uma disputa com os candidatos tocaria fogo no estado, transformando a eleição na principal base dos dois uma disputa quase fratricida. Nunca é demais lembrar que tratam-se, apesar da distância atual entre ambos, de “criador” e “criatura”, já que foi Tasso quem lançou Ciro na política.

Quem deve estar adorando esse movimento no tabuleiro eleitoral de 2022 é a “dupla” Lula e Jair Bolsonaro. Já ficou claro que a estratégia dos dois candidatos que estão melhor colocados na corrida presidencial é investir na polarização de um contra o outro. Quanto mais candidaturas se colocarem como “terceira via”, mais a dualidade Lula versus Bolsonaro e Esquerda versus Direita se fortalece. Jereissati na disputa com Dória no páreo não fortalece nenhum dos dois, muito menos o PSSB. E, de quebra, ainda fere quase de morte o projeto de Ciro Gomes.

DIGNIDADE – Na luta para retomar o protagonismo nacional perdido desde que Jair Bolsonaro ocupou a vaga da “Direita” no panteão eleitoral, o PSDB deu adeus, ontem, a um quadro de futuro. O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, perdeu a luta para o câncer, mas deixou seu nome marcado na história da política do Brasil. Covas escolheu enfrentar a doença com muita firmeza e resiliência, a exemplo do avô, Mário Covas, que também faleceu exercendo cargo público, no caso o de governador. Político correto, de tom conciliador, Bruno era uma aposta tucana para o futuro. Fica o registro da coluna à bravura do prefeito!

POUCA CONFIANÇA – A pesquisa Datafolha divulgada no fim de semana trouxe um dado importante para além das porcentagens eleitorais de Lula e Jair Bolsonaro. O estudo mostrou que 50% dos entrevistados dizem nunca confiar nas declarações do presidente. Por outro lado, 34% afirmam acreditar às vezes e 14%, sempre confiam; 1% não sabe.
Em março, o índice entre aqueles que nunca confiam era de 45%. Já o percentual dos entrevistados que sempre acreditam era de 19% e os que confiam às vezes, de 34%. O levantamento foi realizado nos dias 11 e 12 de maio, com 2.071 brasileiros, em 146 municípios. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

KITS – A Prefeitura de Quipapá, na Mata Sul, distribuiu mais de 3.650 kits alimentares a estudantes da rede municipal, reforçando as ações de suporte à população no sentido de atenuar os efeitos da pandemia. Os kits incluem arroz, macarrão, feijão, flocos de milho e frango, que foram entregues aos pais (ou responsáveis) de alunos que estão devidamente matriculados e frequentando as aulas remotamente. Os alimentos foram adquiridos e distribuídos pela Secretaria de Educação. Com a iniciativa, o prefeito Alvinho Porto garante o cumprimento da Lei 13.987, de 07/04/20, que autoriza, em caráter excepcional, durante a suspensão das aulas em situação de emergência, a distribuição de gêneros alimentícios aos estudantes.

VISTORIAS – O sábado passado foi de agenda extensa para o prefeito de Santa Maria da Boa Vista, George Duarte, e o deputado estadual Antônio Coelho. Acompanhados do superintendente da Codevasf, Aurivalter Cordeiro, de vereadores e lideranças locais, eles vistoriaram a obra da Barragem do Estreito, que está próxima de ser concluída e armazenará 8.800.000 m3 de água. Foram investidos mais de R$ 3 milhões para atender 600 famílias da região. “Essa obra trará mais dignidade e qualidade de vida para centenas de famílias. São mais de R$ 3 milhões investidos pela Codevasf através de uma atuação firme do senador Fernando Bezerra Coelho e dos deputados Fernando Filho e Antônio Coelho”, afirmou o prefeito.

O povo quer saber: o que o pernambucano Bruno Araújo acha dessa disputa interna no PSDB pela vaga de candidato a presidente do Brasil?

Tucanos em frangalhos

By ColunaFalaPE No Comments

O PSDB voltou à pauta nessa semana por dois assuntos não dignos de um partido que já governou o Brasil por duas vezes. O mais fatídico, trataremos abaixo, o quadro irreversível do prefeito de São Paulo, Bruno Covas, que convalesce no hospital acometido por um câncer agressivo. Para além do triste encerramento da trajetória do neto de Mário Covas, está uma briga interna que, se for mantida, pode fazer uma fissura ainda maior no ninho tucano e impedir que a legenda volte a sonhar alto.

Trata-se da batalha travada entre o grupo do governador de São Paulo, João Dória, e o do ex-governador Geraldo Alckmin. Vamos aos fatos. Dória quer ser candidato a presidente em 2022. E quer apoiar seu vice, Rodrigo Garcia, ao governo paulista. Para tal, tirou Garcia do DEM e o filiou ao PSDB. Mas isso vai de encontro ao propósito de Alckmin, que quer disputar seu quinto mandato para o Palácio dos Bandeirantes.

Com a filiação de Garcia, o ex-governador ameaça forçar uma prévia interna para definir quem concorrerá a cargo no ano que vem. Prévias, como bons pernambucanos que somos, e ciente dos nossos exemplos, já sabemos que são uma furada. Ninguém sai ganhando, todos perdem. É o caso do tucanato de São Paulo. Quem quer que vença, terá de concorrer com um partido rachado e sem o apoio de forças representativas. Tanto que Alckmin cogita, inclusive, trocar o PSDB por outra sigla, algo até ontem impensável.

Perde muito também João Dória. Diante de um cenário de polarização entre Lula e Jair Bolsonaro, sem espaço para uma candidatura de centro, segundo as últimas pesquisas de opinião, o governador paulista entraria enfraquecido na briga pelo Palácio do Planalto. Se nem o PSDB João Dória consegue unir, imagina um país altamente polarizado entre Direita e Esquerda. Com isso, sua candidatura pode já nascer fadada ao fracasso. Não há vacina do Butantan que resolva…

NEM AÍ – Maior liderança do PSDB, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, do alto dos seus quase 90 anos, parece não está nem aí para a briga entre o governador de São Paulo, João Dória, e o ex, Geraldo Alckmin. Mesmo se sabendo que FHC tem preferência pela turma de Alckmin, ele tem evitado se posicionar em favor do correligionário. Na última declaração pública que deu, por sinal, preferiu focar na disputa Lula versus Bolsonaro, que é o que parece que vai vingar na eleição presidencial de 2022. O ex-presidente tucano disse que não vota em Bolsonaro de jeito algum. Logo, em um segundo turno, isso o faria votar em Lula. Bolsonaro conseguiu mais essa proeza: fazer um tucano votar abertamente em um petista!

PERNAMBUCO – Em Pernambuco, a verdade é que o PSDB é um eterno coadjuvante. Mesmo tendo um pernambucano à frente da nacional, o ex-deputado Bruno Araújo, que mais parece paulista, o partido por aqui faz tempo que não tem o destaque da época de Sérgio Guerra, ex-senador e ex-deputado, que também já presidiu a legenda em outros tempos. As lideranças mais representativas no estado são a prefeita de Caruaru, Raquel Lyra, que ensaia sem muito entusiamo uma candidatura ao Governo do Estado, e o ex-senador Armando Monteiro Neto, recém filiado, que deve concorrer à Câmara Federal.

CAIU DE PÉ – A Via Crucis pública à qual se submeteu o prefeito de São Paulo, Bruno Covas, é algo muito raro. Penando visivelmente em decorrência de um câncer agressivo, que se espalhou pelo seu corpo, o jovem gestor de apenas 41 anos perde a batalha, mas encerra a sua passagem por este mundo maior. Sua força e firmeza de caráter são exemplos para essa geração de políticos que se apresenta. Bruno não abaixou a cabeça em nenhum momento. Fez da sua luta uma luta pública; governou a maior cidade do país, disputou e venceu a reeleição sem se deixar abater pela doença. Merece todo nosso respeito!

EXEMPLO – Quis o destino que o prefeito de São Paulo, Bruno Covas, perdesse a batalha justamente para a mesma doença que seu avô, o ex-governador Mário Covas, que, assim como o neto, faleceu no cargo vítima de câncer. Uma triste coincidência, mas que reforça o legado dessa família de políticos relevantes. Covas, o avô, era de uma geração de grandes homens públicos, a exemplo de Tancredo Neves, Miguel Arraes, Leonel Brizola e tantos outros. Quando faleceu, Mário Covas tinha como vice justamente Geraldo Alckmin, que assumiu o governo, se reelegeu e alçou seu nome à política nacional como uma das principais lideranças do PSDB.

O povo quer saber: por onde andam José Serra e Aécio Neves, duas “antigas” lideranças do PSDB que parecem ter entrado no ostracismo?

Coluna Fala PE – O dilema dos irmãos Ferreira

By ColunaFalaPE No Comments

O irmãos Ferreira, conhecidos na política por quererem o mundo, podem acabar ficando sem nada em 2022. Na oposição, já é líquido e certo que as forças políticas que formam o bloco não apoiarão uma eventual candidatura de Anderson, prefeito de Jaboatão dos Guararapes, a governador. Sem o aval dessas forças, que têm tudo para marchar com o prefeito de Petrolina, Miguel Coelho, caberá aos irmãos a indicação ou da vice ou do candidato a senador.

Se couber aos Ferreira a vaga de vice de Miguel Coelho, o nome deve ser o de sempre, o cunhado e vereador do Recife, Fred Ferreira, que já foi indicado ao mesmo cargo em 2018, na chapa de Armando Monteiro Neto ao Palácio do Campo Das Princesas. Discreto, de perfil calmo, Fred, inclusive, não ficaria sem mandato na eventualidade de uma derrota.

A bronca é se os Ferreira ficarem com a vaga de senador na chapa oposicionista. Quem vai para o desafio? O prefeito Anderson ou o deputado federal André? Nas duas alternativas a chance de ficar sem mandato é de 50%. Para concorrer, Anderson teria de renunciar ao cargo de prefeito. Se fizer isso e vencer, ótimo. Se não lograr êxito, vai para o sol.

Já com André, a situação é semelhante. Ao abdicar de tentar a reeleição para federal, em decorrência de uma candidatura ao Senado, o parlamentar também corre o risco de ficar de fora, amargando a planície. O dilema está justamente aí: devem os Ferreira se lançarem no seu projeto mais ambicioso ou devem os Ferreira se contentarem com os atuais espaços que ocupam?

DERROTA – Na tarde de ontem, o Ministério Público Eleitoral junto ao TSE apresentou parecer pelo parcial provimento dos recursos apresentados pelo prefeito e vice cassados de Arcoverde, Wellington Maciel e Israel Rubis. Parecer esse que em nada altera a situação de cassação dos dois políticos proferida pelo Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco no último dia 18 de fevereiro. Assim como em Brasília, em Pernambuco a procuradoria também deu parecer favorável e os dois acabaram sendo cassados por 7 x 0 no pleno do TRE-PE.

AGRESTE – Durante coletiva de imprensa online, nessa quinta-feira (13), o secretário estadual de Saúde, André Longo, anunciou que o Governo do Estado vai reunir os prefeitos do Agreste, hoje (14), para analisar os dados da região e discutir medidas para conter o avanço da pandemia da Covid-19. O Agreste teve impacto significativo no aumento das solicitações por vagas de UTI na rede pública de saúde na semana passada. Na região, foi registrado um aumento de 9,3% em uma semana e de 44,5% em 15 dias, enquanto o crescimento na média do Estado foi de 6,1% e de 13,8%, nos mesmos períodos.

PLANEJAMENTO – O prefeito do município de Timbaúba, Marinaldo Rosendo, se reuniu com todos os secretários do município ontem. Em pauta, o planejamento dos próximos anos de gestão para a cidade, de todas as secretarias. Com os auxiliares integrados, a intenção é unir forças cada vez mais em busca do desenvolvimento da cidade de Timbaúba. No planejamento, o prefeito falou sobre o envolvimento diário com público da cidade, tanto na Zona Urbana, durante a semana e na Zona Rural, nos fins de semana, e por isso, sabe bem das necessidades da cidade.

REPÚDIO – O vereador e presidente da Câmara de Camaragibe, Paulo André, emitiu uma Nota de Repúdio aos serviços prestados pela Compesa na cidade, que hoje, segundo o parlamentar, “está parecendo com a lua por conta do descaso da prestadora de serviço, quando não é os buracos, é a falta d’água e má qualidade”. O vereador também emitiu uma nota contra o aumento das tarifas da Celpe, e afirmou que “ninguém aguenta mais tanto aumento”. Além disso, Paulo falou sobre a precariedade no serviço prestado para todos os munícipes.

O povo quer saber: que vocês acharam dessa união entre Bolsonaro e Collor?

CPI DA PANDEMIA: Executivo da Pfizer afirma que governo brasileiro ignorou ofertas de vacinas, feitas em agosto

By Brasil No Comments

O gerente-geral da Pfizer na América Latina, Carlos Murillo, que comandava a farmacêutica no Brasil, afirmou que os contatos com o governo brasileiro tiveram início em maio de 2020. A primeira oferta de vacinas, segundo ele, foi feita em agosto e previa a entrega de doses já em dezembro daquele ano. “Não tivemos resposta positiva nem negativa”, disse Murillo.

De acordo com o depoimento do executivo sobre as tentativas de negociação da Pfizer com o governo brasileiro, o Brasil deixou de receber até 1,5 milhão de doses da Pfizer em 2020. Ainda confirmou a tentativa de contato da empresa com demais autoridades do governo, como o Ministro da Saúde à época e o Ministro da Economia.

Coluna FalaPE – Liderança de João Campos beneficia grávidas de todo o estado

By ColunaFalaPE No Comments

O Recife vem sendo destaque nacional pela eficiência e organização do processo de vacinação na cidade. A capital pernambucana sempre aparece como contraponto a cenas de aglomeração e longas filas. Todo esse sucesso é fruto da liderança pessoal do prefeito João Campos (PSB), que vem fazendo da vacina e do combate à pandemia uma de suas principais marcas neste início de gestão. Se essa liderança tem sido bem vista entre os recifenses, ela ganha novo capítulo que extrapola os limites da capital.

Isso porque, na última terça (11), o prefeito anunciou que abriria para os mulheres grávidas e que tiveram filho há menos de 45 dias, dos demais municípios do estado a imunização com as doses da vacina da Pfizer do Recife, garantindo a vacinação de 100% das grávidas e puérperas recifenses.

Naquele dia, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) havia proibido a utilização de doses da AzteaZeneca/Oxford para as grávidas e puérperas, causando apreensão sobre a continuidade e garantia de vacinas para esse grupo. Desde o início da vacinação desse grupo, o Recife utilizou exclusivamente a vacina Pfizer, já testada para grávidas e só o Recife, Olinda e Jaboatão dos Guararapes detinham as doses da Pfizer, pelas particularidades técnicas do armazenamento da vacina.

No anúncio, o prefeito detalhou que o Recife defenderia a posição no Comitê Intergestor Bipartite (CIB), que reúne secretarias municipais de Saúde e a Secretaria Estadual de Saúde. Pois bem, ontem o CIB deliberou que não só o Recife, mas todas as cidades que tenham capacidade de armazenar a Pfizer servirem como polos regionais para vacinar pernambucanas grávidas e puérperas de todas as cidades. Foi a prova que liderança política, também dando o exemplo, pode fazer a diferença.

PESQUISA – Pesquisa do instituto Datafolha, divulgada, nessa quarta-feira (12), pelo jornal Folha de S.Paulo, aponta que ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) tem 41% das intenções de voto no primeiro turno, seguido por Jair Bolsonaro (sem partido) com 23%, Sergio Moro (sem partido) com 7% e Ciro Gomes (PDT) com 6%. A pesquisa também traz o apresentador Luciano Huck (sem partido) com 4% e o governador de SP, João Doria, com 3%. O ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta (DEM) e João Amoedo (Novo) aparecem empatados com 2% das intenções de voto. Somados, os adversários de Lula têm 47%, seis pontos percentuais a mais do que o ex-presidente.

PESQUISA 2 – Em um possível 2º turno entre Lula e Bolsonaro, o candidato do PT teria 55% das intenções de voto contra 32%. O ex-presidente receberia votos dos eleitores de Dória, Ciro e Luciano Huck, enquanto o Bolsonaro teria votos do ex-ministro da Justiça Sergio Moro. O levantamento do Datafolha foi realizado entre os dias 11 e 12 de maio em 146 cidades e com 2.071 pessoas. Em um 2º turno com Moro, Lula teria vantagem (53% a 33%). Contra Doria, o resultado seria 57% a 21% a favor do petista.
Jair Bolsonaro teria um empate técnico em um 2º turno com Doria, com 39% das intenções de voto para o presidente e 40% ao governador de SP. Bolsonaro perderia para Ciro Gomes (36% a 48%).

RECUPERAÇÃO FISCAL – A Prefeitura de Araripina está com o Programa de Recuperação Fiscal da Dívida Ativa aberto para negociação com os contribuintes, pessoas físicas e jurídicas, que possuam algum débito com o município. Instituído pelo Decreto Lei nº 009 de 12/01/2021, o ProRefis é uma oportunidade para obtenção de descontos em multas e juros. Para o pagamento à vista, os descontos são de 100% em multa e juros. Para outros prazos – de 02 a 24 meses – os descontos são aplicados conforme o prazo escolhido pelo contribuinte. As negociações são realizadas na Secretaria de Finanças, Arrecadação e Tributos e mais informações podem ser obtidas pelos telefones (87) 38732573 ou 988129499.

DÍVIDA – Chegou mais uma cobrança para a Prefeitura de Garanhuns. Desta vez é a Compesa quem aciona na Justiça o município, por um débito de R$ 800.534, 63. Com isso, o montante de dívidas herdadas da administração anterior chega à casa dos R$ 111 milhões. Algumas pessoas preferem que não se toque neste assunto. Querem que o passado seja esquecido. Mas como ignorar a falta de tanto dinheiro, que prejudica mais a população em geral do que o próprio prefeito? Ora, o prefeito Sivaldo Albino, tem o salário garantido todo mês. Com débito ou não ele vai receber, assim como o vice-prefeito, os secretários e os funcionários.

O povo quer saber: como o resultado de mais uma pesquisa chegou ao Palácio do Planalto?

Pior seca da história vai encarecer conta de luz o ano todo e Bolsonaro comenta “demos mais um azar, né?”

By Brasil No Comments

De acordo com especialistas, em publicação da Folha de S. Paulo, após a pior seca da história, os reservatórios das hidrelétricas do Sudeste e Centro-Oeste terminam o período de chuvas com o menor nível, desde 2015. E as expectativas são de que os consumidores arquem com os custos adicionais na geração por térmicas até o fim do ano.

As regiões Sudeste e Centro-Oeste são consideradas a principal caixa d’água do setor elétrico brasileiro, e, nesta segunda (10), fecharam com 33,7% de sua capacidade de armazenamento de energia. Em situação crítica, executivos debatem sobre a queda de demanda ocasionada na pandemia, levantando a hipótese de que poderia ser pior. Assim, caso a seca persista, a oferta de energia pode se tornar limitada.

O presidente Jair Bolsonaro, em encontro com apoiadores, assumiu a gravidade do problema, admitindo que vai dar “dor de cabeça”. “Só avisando, a maior crise que se tem notícia hoje. Demos mais um azar, né? E a chuva geralmente (cai) até março, agora já está na fase que não tem chuva”, complementou o presidente Jair Bolsonaro sobre a crise hidrelétrica que está só no começo.

Fonte: Folha de S. Paulo.

Coluna Fala PE – Prefeito pernambucano afastado pela justiça se reúne com Gilmar Mendes e gera rumores na cidade

By ColunaFalaPE No Comments

Em Nazaré da Mata, o grupo do prefeito afastado, Nino Nascimento, está espalhando que ele voltará ao cargo depois de ter se reunido com o ministro do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes. Nino esteve no gabinete do magistrado ao lado deputado federal Augusto Coutinho.

Na manhã de nove de março, o juiz Demetrius Aguiar declarou a inelegibilidade do prefeito e do vice da sua chapa, Pereira do Sindicato. O magistrado julgou procedentes os pedidos da ação de investigação judicial eleitoral (AIJE), o que pode colocar os gestores públicos fora do cenário político pelos próximos oito anos.

Segundo a acusação, durante o período eleitoral, os já candidatos à reeleição teriam sancionado a Lei Municipal 437/2020, que concedia revisão salarial aos servidores da cidade, ação proibida durante a corrida pelos votos, pois daria vantagem ao prefeito em exercício e desequilibraria o pleito municipal.

E as curiosidades não param por aí. Às vésperas das eleições de 2020, Nino promoveu diversas contratações irregulares de pessoas ligadas à oposição para trabalhar na gestão municipal, ampliando seu palanque político. Vergonha para a cidade onde o prefeito deveria dar exemplo de probidade, mas não cansa de se envolver em falcatruas.

Mas afinal, qual foi a pauta da reunião do prefeito afastado com Gilmar Mendes, e Augusto Coutinho a tiracolo? 👀

TE CUIDA, TOFFOLI – A Polícia Federal (PF) enviou ao Supremo Tribunal Federal (STF) um pedido de abertura de inquérito para investigar ninguém menos que o ministro Dias Toffoli. A acusação foi feita pelo ex-governador do Estado do Rio de Janeiro Sérgio Cabral, em delação premiada homologada pelo ministro do STF Edson Fachin. Para a investigação começar, é preciso autorização da Corte. O magistrado é suspeito de ter recebido o pagamento de R$ 4 milhões em troca de favorecimento em decisões de dois prefeitos do Estado do Rio de Janeiro em processos no Tribunal Superior Eleitoral. Toffoli atuou na Corte eleitoral de 2012 a 2016.

TROCA – Finalmente, o presidente Jair Bolsonaro concretizou seu desejo de trocar o comando da Polícia Federal em Pernambuco, que seria ligado ao PSB. Bolsonaro decidiu afastar das suas funções a superintendente da PF no estado, Carla Patrícia Cintra, e nomear em seu lugar Daniel Granjeiro. Quem teria ajudado a convencer o presidente da troca teria sido o Coronel Meira, da linha de frente do bolsonarismo pelas bandas de cá. Também tiveram trocas nos comandos da instituição da Paraíba, Alagoas, Sergipe, Rio Grande do Norte e Rio Grande do Sul. Assim que assumiu o posto de diretor-vestal da PF, Paulo Maiurino já havia promovido mudanças nos comandos de São Paulo, Amazonas, Santa Catarina, Roraima e Bahia.

PAULO PRESIDENTE? – Ninguém sabe ao certo o que o motivou a dizer o que disse, mas o fato é que o deputado federal Rodrigo Maia, ex-presidente da Câmara, lançou, ontem, simplesmente o governador pernambucano, Paulo Câmara, a presidente da República. O parlamentar disse que o socialista tem todos os “predicados para ser presidente”. E que, se Câmara topar, ele mesmo, Maia, fará as articulações. Só não se sabe se a fala foi combinada com Paulo, que, por sinal, é cotado para a vice do ex-presidente Lula.

UPA – Em Salgueiro, na manhã dessa terça, os secretários de Desenvolvimento Urbano e Obras, Michael Kenneth, e de Saúde, George Arraes, apresentaram à diretora da Gerência Regional de Saúde (VII GERES) o estudo da nova estrutura da UPA 24h, que funcionará integrada ao Hospital de Campanha. O próximo passo da equipe da Prefeitura do Salgueiro é conseguir a aprovação da nova estrutura pela Apevisa – Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária, para poder dar início à implantação da Unidade que vai ampliar o acesso aos serviços de saúde em Salgueiro. A UPA 24h foi um dos compromissos assumidos em campanha eleitoral pelo prefeito Dr. Marcones.

O povo quer saber: Paulo Câmara topa ser candidato a presidente?