All Posts By

joaodurant

Prefeitura do Cabo realiza ações de vistoria e colocação de lonas

By Região Metropolitana do Recife No Comments

Na manhã desta sexta-feira (14), a Prefeitura do Cabo de Santo Agostinho, por meio da Defesa Civil e da Secretaria das Regionais e Serviços Públicos, deu continuidade ao trabalho de prevenção e minimização dos riscos em diversos locais da cidade. As ações fazem parte da Operação Inverno, iniciada pelo prefeito Keko do Armazém, reforçada nos últimos dias por conta das chuvas.

De acordo com o gerente da Defesa Civil, Felipe Silva, a prefeitura está atuando de forma permanente para garantir a segurança da população que vive em áreas de risco. “Estamos monitorando todos os pontos, especialmente, nos alertas de chuva. A população pode ligar a qualquer hora do dia que estaremos à disposição”, destacou. Para quem precisar, o telefone da Defesa Civil é 0800 281 8531 e funciona 24h.

TRABALHO INTENSIFICADO – No ano passado, com a Operação Inverno, mais de 400% de lona foram colocados em comparação com 2020. Também houve um aumento de 350% em poldas de árvores.

Só nesta sexta-feira (14), foram colocados 694 metros quadrados de lona no bairro da Bela Vista. Já na região das praias, estão sendo realizadas limpeza de canais.

“É importante atuar na prevenção para que possamos, com êxito, ajudar a salvar vidas”, finalizou o prefeito, Keko do Armazém.

Rodrigo Novaes intercede junto à Neoenergia e assegura investimentos para Serra Talhada

By Sertão do Pajeú No Comments

Após intervenção do deputado estadual licenciado e secretário de Turismo e Lazer de Pernambuco, Rodrigo Novaes, junto ao Grupo Neoenergia, o município de Serra Talhada recebeu uma série de investimentos que irão solucionar o problema de instabilidade na rede elétrica da região.

Foi realizada a substituição de equipamentos, além de algumas inovações no circuito. Essa manutenção irá trazer mais segurança e estabilidade para diversos pontos, entre eles o bairro de Bom Jesus, que possui um alto índice de reclamações a respeito do problema elétrico, sobretudo, nesta época do ano, onde os ventos e as chuvas costumam ser mais intensas.

“Depois de nos reunirmos com os representantes da Neoenergia, conseguimos identificar os problemas e foi feito um trabalho de manutenção e prevenção na rede. Isso não seria possível sem a participação de todos, especialmente, da prefeita Márcia Conrado e do vereador Zé Raimundo. Acredito que esse investimento trará mais conforto e tranquilidade para os moradores”, comentou Rodrigo Novaes.

Gonzaga Patriota entrega trator para povoado de Sobrado, em Buíque, e anuncia envio de emendas para saúde e construção de passagem molhada

By Agreste Meridional No Comments

Proporcionar melhores condições de trabalho aos produtores do povoado de Sobrado, em Buíque, foi o que levou o deputado federal Gonzaga Patriota (PSB) a destinar mais um importante investimento, por meio de emenda parlamentar, com a aquisição de trator e implementos agrícolas para a Associação da localidade.

A entrega foi realizada nesta quinta-feira(13) e contou com a presença da vereadora Dra. Maria Clara; do ex-vereador de Arcoverde José Antônio Leite;  do presidente  da Associação, o agricultor Damião Domingos, que tem ao seu lado  Radriane  Bezerra,  que além de ser uma grande liderança naquela região, também é uma mulher símbolo de lutas e  de conquistas. 

Na ocasião, Patriota ressaltou o seu compromisso com a comunidade e a forma como os equipamentos já entregues irão otimizar os trabalhos dos agricultores. Além disso, o parlamentar ainda destacou outros benefícios que conseguiu para a localidade e anunciou mais uma emenda de R$ 100 mil que será destinada para área da saúde e R$ 300 mil para a construção de duas passagens molhadas, atendendo ao pedido da vereadora Dra Maria Clara. 

“Fortalecer a agricultura familiar para as comunidades é fortalecer a vida do homem do campo, fortalecer a resistência contra as adversidades e, principalmente, o desenvolvimento local e regional de forma sustentável a todas as comunidades com a tão sonhada qualidade de vida. Para ajudar ainda mais essa região, conseguimos também levar água encanada para as residências dos agricultores da região de Sobrado e colocamos urna para que a população dessa localidade pudesse votar sem ter que se deslocar para Bonito”, explica o parlamentar.

Lagoa Grande: Vilmar Cappellaro visita obra de instalação da rotatória em Vermelhos e ressalta que a obra vai oferecer segurança para os condutores

By Sertão do São Francisco No Comments

A obra de recuperação da PE – 574 no trecho em Lagoa Grande segue avançando. Homens e máquinas trabalham diariamente na maior ação estruturadora do município sertanejo dos últimos anos. A rodovia está sendo reconstruída e vai beneficiar os moradores, pequenos produtores e empresários da região.

Para melhorar a segurança viária, o acesso ao povoado de Vermelhos está recebendo a construção de uma rotatória. A finalidade da obra é melhorar o tráfego na região e oferecer segurança aos condutores no acesso ao povoado.

O prefeito Vilmar Cappellaro e o secretário de infraestrutura, Ademar Nonato, visitaram os trabalhos de execução da obra e destacaram que a ação foi uma reivindicação da gestão, ao governador Paulo Câmara, anunciada no ano passado. O prefeito destacou que a obra é de total relevância, haja vista que a PE – 574 possui um enorme fluxo de veículos e que as melhorias seguirão pela avenida principal de Vermelhos até o cais, no Velho Chico.

“Esta é mais uma obra que vem para melhorar a vida dos lagoagrandenses, principalmente dos moradores de Vermelhos, empresários e comunidades adjacentes. Teremos uma rotatória moderna e segura e a revitalização da avenida principal de Vermelhos. A obra concluída dará uma nova identidade ao nosso Povoado, por isso quero agradecer ao governador Paulo Câmara, a Secretária de Infraestrutura e Recursos Hídricos e a todos que de alguma forma contribuíram para a conquista desta obra que ficará na história de Lagoa Grande”, afirma Cappellaro.

Cais do Sertão recebe o indiano Swami Paramtej em aula de meditação

By Região Metropolitana do Recife No Comments

Aulão de yoga e meditação ingressa ao vão livre do museu, neste sábado (15), a partir das 15h30

O Centro Cultural Cais do Sertão, em parceria com a Prefeitura do Recife e o Arte Viver de Pernambuco, recebe, pela primeira vez, intervenção voltada ao segmento da saúde e bem-estar. O vão livre do museu será ocupado por aula de meditação e yoga, ministrada pelo yogue indiano e instrutor sênior do projeto Arte de Viver, Swami Paramtej. O encontro, aberto ao público, acontecerá neste sábado (15), a partir das 15h30. Os participantes devem levar tapete de yoga ou colchonete. Haverá tradução simultânea para português. 

“É a primeira vez que o Cais recebe um evento voltado à saúde, bem-estar e de terapia ocupacional. Com a retomada dos eventos, das intervenções culturais e de lazer  seguindo os protocolos sanitários do Governo do Estado, queremos proporcionar ao nosso turista e visitante a melhor e mais segura experiência com as atividades promovidas pelo nosso museu”, salienta o secretário de Turismo e Lazer, Rodrigo Novaes.

A ação tem como objetivo levar ao público os conceitos e os benefícios do yoga por meio da mediação de Swami Paramtej. Em abordagem simples,  o instrutor apresentará os benefícios da técnica e como ela pode auxiliar a lidar melhor com as emoções, o corpo físico e os padrões mentais, contribuindo para a saúde integral e o equilíbrio.

Em cumprimento aos protocolos sanitários, cujo intuito é impedir a disseminação da covid-19 e da H3N2, o participante deverá priorizar o uso de máscara facial, higienização das mãos com álcool em gel e apresentar esquema vacinal.

Recife já tem as primeiras crianças vacinadas contra a covid-19

By Região Metropolitana do Recife No Comments
Foto: Daniel Tavares/PCR

Maria Antônia de Oliveira, de 11 anos, que tem Síndrome de Down foi a primeira criança vacinada. Agendamento já está aberto e vacinação começa neste sábado (15)

Para alívio dos pais e familiares e alegria dos pernambucanos, na tarde desta sexta-feira, foram vacinadas as primeiras crianças do estado, no Recife, contra a Covid-19. Na Associação Afeto, na Encruzilhada, a primeira imunizada foi  Maria Antônia de Oliveira, de 11 anos, que tem Síndrome de Down. O agendamento já está disponível no Conecta Recife e a vacinação segue a partir de amanhã (15) no Sest Senat, na Unicap, na Faculdade Universo e na UFPE. Nesse primeiro momento podem ser vacinadas as crianças, com idades entre 5 e 11 anos, com doenças neurológicas crônicas e com distúrbios do desenvolvimento neurológico, com prioridade para Síndrome de Down e Autismo. Na Associação Afeto, o prefeito João Campos assistiu a imunização dos pequenos e conversou com os pais. Cada criança ganhou um livro e um certificado de Supervacinado.

“Eu estou aqui na Associação Afeto e acabei de acompanhar a primeira vacinação de criança entre 5 e 11 anos de Pernambuco. É extremamente emocionante poder ver crianças com síndrome de down e autismo se vacinando. Então a gente, a partir de agora, abre o Conecta Recife para o agendamento, já está aberto. A partir de amanhã os centros para vacinação de crianças já estarão funcionando no Recife. Lembrando que toda criança vacinada vai receber um livro e é responsabilidade dos pais e das mães e dos responsáveis fazer esse agendamento. Vamos juntos imunizar as crianças e garantir que uma dose de esperança, como eu vi agora há pouco, possa chegar a 150 mil crianças recifenses”, declarou João Campos na ocasião.

Depois de Maria Antônia, também foram vacinados: Laura Leite, de 9 anos, que tem síndrome de down; Bella Carvalho, 7 anos (síndrome de down); Luan Azevedo, 11 anos (paralisia cerebral); Arthur Melo, 8 anos (autismo); Lucas Silva, 8 anos (síndrome de down); e Rafaela Maia, 8 anos; nessa ordem.

De acordo com Samuel de Oliveira, 44 anos, técnico em manutenção e pai de Maria Antônia Oliveira, a primeira beneficiada com a vacina, o momento é de gratidão. “Estou feliz porque chegou a vez dela e graças a Deus todos nós já estamos vacinados, eu já estou com a terceira dose. A expectativa era muito grande, a ansiedade era enorme, então eu vim o mais rápido possível, não me importei com o tempo. Eu costumo dizer que o melhor para ela é o melhor para nós”, disse ele. 

E a defensora pública Natalie Leite, 40 anos, mãe de Laura, esclareceu porque a vacina era tão esperada, especialmente, por quem tem filhos com síndrome de down: “a cada dia que passa, a gente vive numa eterna insegurança, porque nossos filhos são imunossuprimidos, eles têm a imunidade mais baixa, e, principalmente, na questão respiratória, qualquer tipo de comprometimento já se torna mais grave. Então com a covid, já há dois anos, a gente vive com essa espada na cabeça, essa ameaça, em relação a saúde de nossos filhos. E a vacina chegou numa hora importantíssima em que a gente está tendo retorno dessas novas variantes, juntando com a nova gripe, então a vacina dá um alento. A gente sabe que todo mundo precisa se vacinar e os adultos já estão nesse caminho e faltava as crianças e em especial as crianças com Síndrome de Down. É um alívio saber que nossos filhos vão ter a liberdade de retornar ao convívio social, a escola e voltar as terapias, serem novamente incluídos na sociedade, porque ficaram muito tempo afastados por uma questão de segurança”. 

Para a estudante de psicologia Simone Melo, 46 anos, mãe de Arthur, é tempo de comemorar.  “Acho muito importante a vacinação de crianças com necessidades especiais em geral. São crianças que têm dificuldades em expressar o que sentem, então quando a gente sabe que a criança está parcialmente imunizada, porque a gente sabe que não é 100%, mas a gente sabe que se a doença vier vai ser de uma forma mais leve, mais suave, fica mais fácil de se tratar”, disse ela.

A partir de agora, a vacina para as crianças será aplicada de domingo a domingo, das 7h30 às 18h30, sendo necessário fazer o agendamento pelo site (http://conectarecife.recife.pe.gov.br) ou aplicativo do Conecta Recife, em centros exclusivos voltados para a vacinação de crianças. O imunizante que será utilizado é o da Pfizer, o único aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) até agora para o público infantil. Não será exigida prescrição médica.

Para comprovar a condição de comorbidade, é obrigatório anexar, durante o agendamento, um laudo ou declaração informando a comorbidade. Nesse primeiro momento, será aceita – como documento comprobatório de comorbidade ou transtornos do desenvolvimento – uma declaração, em modelo fornecido pela Secretaria de Saúde do Recife (disponível no Conecta Recife), que deve ser preenchida e assinada por médico, ou laudo médico que contenha uma das comorbidades e/ou transtornos elencados com o respectivo CID (Classificação Internacional de Doenças) da doença/condição. Os documentos anexados no Conecta Recife também devem ser levados no dia agendado para vacinação. A declaração ou o laudo precisam ser originais e ficarão retidos no local. Apenas as crianças com síndrome de down estão isentas da declaração, tendo em vista que a informação poderá ser autorreferida.

A AFETO (Associação de Famílias para o Bem-Estar e Tratamento da Pessoa com Autismo) é uma associação sem fins lucrativos, composta por pais e parentes de pessoas com diagnóstico de Autismo.

Estação móvel monitora qualidade
do ar no Complexo de Suape

By Região Metropolitana do Recife No Comments

Monitoramento será realizado, diariamente, e percorrerá toda a zona industrial portuária. Os dados são avaliados em tempo real

O Complexo Industrial Portuário de Suape começa, ainda este mês, a monitorar a qualidade do ar com a instalação de uma moderna estação móvel no território da estatal, que ocupa área de 13,5 hectares entre os municípios do Cabo de Santo Agostinho e Ipojuca, no Grande Recife. O maquinário analisará a qualidade do ar da zona industrial portuária com a finalidade de fiscalizar e gerenciar a emissão de substâncias presentes na atmosfera e potencialmente nocivas ao sistema respiratório das pessoas.

A qualidade do ar é um importante indicador do Índice de Desempenho Ambiental (IDA) da Agência Nacional de Transporte Aquaviário (Antaq), que serve como instrumento de acompanhamento e controle de gestão ambiental em instalações portuárias. A estação móvel consolida os resultados de forma online e em tempo real e encaminha os dados à central de supervisão, para acompanhamento da variação dos níveis de leitura realizados durante a checagem diária.

“O objetivo do monitoramento é avaliar as concentrações de materiais particulados inaláveis e gases (óxido de nitrogênio, monóxido de carbono e dióxido de enxofre) oriundos da bacia aérea do porto e comparar as concentrações médias diárias em relação aos limites estabelecidos por resolução do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama). A gestão ambiental é muito importante para assegurar que, durante as operações, sejam evitados possíveis impactos ambientas, incluindo os que estão associados às características do ar”, explica o diretor de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Suape, Carlos Cavalcanti.

De acordo com Paulo Teixeira, coordenador de Gestão Ambiental da empresa, a estação de monitoramento do ar dispõe de vários sensores de parâmetros meteorológicos, como temperatura e umidade do ar; irradiância global; velocidade e direção do vento; e pressão atmosférica. “Todos esses indicadores são empregados na interpretação dos resultados. Com o início deste estudo, esperamos ter avanço considerável na qualidade do gerenciamento das emissões atmosféricas na região portuária”, pontua. A empresa Aires Serviços Ambientais foi a vencedora da licitação para a realização da ação ambiental.

Prefeitura lança Plano Recife AMA Carnaval, garantindo mais de R$ 10 milhões para as cadeias criativas e produtivas

By Região Metropolitana do Recife No Comments
Foto: Daniel Tavares/ PCR Imagem

Proposta busca contemplar atrações, agremiações e trabalhadores da cultura. Grupos contemplados receberão premiação equivalente a 100% do valor unitário de subvenção ou cachê

Depois de confirmar a impossibilidade de realização do seu Carnaval popular, suspenso em função do atual quadro sanitário, o prefeito João Campos assinou, nesta sexta (14), em evento no Forte das Cinco Pontas, o Projeto de Lei que cria o plano Recife AMA Carnaval, iniciativa dedicada à cadeia produtiva do ciclo momesco e que se divide em três dimensões: Apoio, Monitoramento e Ativação.

A iniciativa, que envolve investimentos da ordem de R$ 10 milhões em recursos exclusivamente próprios, vai contemplar coletivos como agremiações e atrações artísticas que participaram do Carnaval recifense em 2019 e/ou 2020, que terão direito a 100% da subvenção ou cachê (valor unitário) recebido pela sua participação na programação. Na categoria de beneficiários individuais, será pago um valor fixo, tendo como referência um salário mínimo. O PL será encaminhado à Câmara Municipal do Recife.

A iniciativa representa mais do que o triplo de incremento financeiro em relação ao ciclo momesco do último ano, quando foi criado o Auxílio Municipal Emergencial – AME Carnaval do Recife, orçado em R$ 4 milhões, sendo R$ 2,5 milhões em recursos próprios e o restante fruto de parceria com a iniciativa privada mediante patrocínio. O AMA também irá contemplar técnicos e demais trabalhadores que atuam nos bastidores das apresentações artísticas na preparação e realização da festa, além dos brincantes que participam dos concursos carnavalescos.

Além do Apoio, o Monitoramento permanente de indicadores e protocolos ligados ao quadro sanitário também compõe o plano, cujo ciclo será fechado com a Ativação, definida por uma apresentação de cada beneficiado pelo AMA. Esta ação integra a futura agenda cultural da cidade, em apresentações individuais ou coletivas, a pactuar, até mesmo em possível evento de celebração do próprio Carnaval, cujos formatos e períodos serão consolidados a partir da superação da pandemia e flexibilização de medidas.

Para o prefeito João Campos, a iniciativa oferece segurança e amparo à cadeia produtiva, além de fomentar a classe artística e a população pensante e atuante do segmento cultural, sobretudo do ciclo momesco. “O que o Recife fez foi com muita responsabilidade, com sensibilidade de ouvir, construir uma alternativa segura. Nós anunciamos a suspensão do Carnaval e agora, de maneira imediata, já lançamos o Recife Ama Carnaval, que é muito mais que um auxílio. A gente vai fazer a contratação através de um pagamento de prêmio com valor de 100% do cachê dos artistas, agremiações, dos trabalhadores de som, de luz, de quem ajuda na estrutura de montagem de palco, todo mundo vai ser contemplado. Com isso a gente vai investir dez milhões de reais nessa ação e conseguir garantir a suspensão do Carnaval com segurança. E quando tivermos segurança de novo na realização de eventos, de encontros, vamos poder fazer eventos celebrativos com referência ao Carnaval, valorizando a nossa cultura”, pondera.

O Projeto de Lei (PL) com o plano Recife AMA Carnaval será encaminhado à Câmara Municipal do Recife, a exemplo do que aconteceu com o AME Carnaval, em 2021, aprovado por unanimidade no parlamento municipal e transformado em Lei. Os pagamentos estão previstos para o período em que aconteceria o Carnaval, mas este cronograma obedecerá ao prazo necessário ao debate e aprovação do PL e ao posterior edital que será lançado assim que a matéria for aprovada no legislativo.

O secretário de Cultura do Recife, Ricardo Mello, explanou acerca do funcionamento do AMA. “Existem dois tipo de contemplados: coletivos , agremiações e atrações artísticas que fizeram parte das edições do Carnaval e assim, já estão no cadastro da Prefeitura, precisando apenas de conformação e farão jus ao pagamento do prêmio de 100% do cachê, no caso da atração do coletivo(bandas, orquestras) ou da agremiação(que tem subvenção). No caso dos individuais, eles apresentam sua declaração de participação da cultura no ciclo carnavalesco e suas comprovações e, assim, eles fazem jus ao prêmio individual, lembrando que eles também estão contemplados pelo prêmio coletivo porque eles fazem parte dessa cadeia. Seja uma agremiação, seja uma atração, você tem técnicos atuando, figurinista, aderecista, tem aquele pessoal que faz parte dessa cadeia que viabiliza a realização da festa e das apresentações. Eles devem receber um valor de referência calculado a partir do salário mínimo”, explica. 

Pela proposta da Prefeitura, para receber o benefício, agremiações e atrações deverão se habilitar, confirmando os dados cadastrais que constam no sistema da Secretaria de Cultura, em prazo que será anunciado em breve. Para os técnicos e trabalhadores das demais cadeias produtivas culturais ligadas à festa, que não estão previamente cadastrados junto ao poder municipal, será lançado um edital específico, com as regras para autodeclaração e comprovação de atuação nos últimos festejos de Momo realizados na cidade, nos anos de 2019 e 2020. Destas categorias, serão beneficiados até mil profissionais.

A iniciativa foi mais do que bem vinda para a classe artística. Para o intérprete André Rio, um dos presentes no evento, o AMA reacende a chama carnavalesca compulsoriamente claudicante em tempos pandêmicos. “Como disse Chico Science, basta um passo e você não está no mesmo lugar. Acho que é muito importante esse auxílio, porque a gente vai poder ajudar toda a comunidade musical que pertence à nossa banda, à nossa estrutura e a gente vai deixar a chama acesa do nosso Carnaval, o que é importante, pois há quase dois anos não temos um Carnaval de fato nas ruas, mas o Carnaval ele pertence à alma do recifense. A gente precisa continuar fazendo frevo, fazendo folia e deixando, como disse, a chama acesa do Carnaval na alma do pernambucano”, vaticinou.