Secretaria de Saúde divulga Boletim completo da Covid-19 em Pernambuco (08/06)

By BlogFalaPE

 

Boletim Covid-19 – Comunicação SES-PE

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) confirmou, nesta segunda-feira (08.06), 463 novos casos da Covid-19 em Pernambuco. Entre os confirmados hoje, 99 se enquadram como Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) e 364 como leves. Agora, Pernambuco totaliza 40.705 casos já confirmados, sendo 15.960 graves e 24.745 leves.

Além disso, o boletim registra 23.417 pessoas curadas da Covid-19 no Estado. Desse total, 6.423 são de casos graves e 16.994 casos leves. Os casos graves confirmados da doença estão distribuídos por 166 municípios pernambucanos (tabela 1), além do Arquipélago de Fernando de Noronha e da ocorrência de pacientes em outros Estados e países.

Também foram confirmados laboratorialmente 45 óbitos (sendo 24 do sexo feminino e 21 do sexo masculino). Os novos óbitos confirmados são de pessoas residentes nos municípios de Recife (32), Pombos (3), Caruaru (2), Jaboatão dos Guararapes (1), Igarassu (1), Ipojuca (1), Arcoverde (1), Moreno (1), Barreiros (1), Gameleira (1) e Lajedo (1). Com isso, o Estado totaliza 3.350 mortes pela doença.

As mortes ocorreram entre os dias 12/04 e 07/06 e os pacientes tinham idades entre 37 e 94 anos, além de uma criança (sexo feminino) de 6 meses. Dos 45 pacientes que vieram a óbito, 39 apresentavam comorbidades confirmadas: hipertensão (25), diabetes (17), doença cardiovascular (11), tabagismo/histórico de tabagismo (4), doença respiratória (4), câncer (3), doença renal (3), etilismo/histórico de etilismo (2), obesidade (2) e hipotireoidismo (1) – um paciente pode ter mais de uma comorbidade. Dois não apresentavam comorbidades e os demais estão em investigação pelos municípios. As faixas etárias são: 0 a 9 (1), 30 a 39 (1), 40 a 49 (4), 50 a 59 (6), 60 a 69 (8), 70 a 79 (15), 80 ou mais (10).

SERVIÇOS AMBULATORIAIS – A partir da próxima quarta-feira (10.06), dentro do Plano de Convivência com a Covid-19, o Governo de Pernambuco autoriza a volta do funcionamento da rede assistencial (consultórios, clínicas, laboratórios e hospitais) a realizar consultas, procedimentos diagnósticos e terapêuticos ambulatoriais, além de cirurgias eletivas. Para essa retomada, a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) publica nesta terça (09.06), no Diário Oficial do Estado, as determinações para que esses serviços retomem o atendimento ao público com toda a segurança para pacientes e profissionais envolvidos, dando as condições para o distanciamento social e fornecendo ambiente para higienização e EPIs para seus profissionais.

Para acesso aos serviços, será obrigatório o uso de máscaras por pacientes, acompanhantes, profissionais de saúde e colaboradores. Para todos, em locais estratégicos, deverão ser disponibilizados espaços com água, sabão, toalhas de papel descartável e álcool em gel para higienização das mãos. Os profissionais também deverão utilizar os EPIs de acordo com o seu setor de atuação.

A portaria ainda determina a manutenção de uma distância de 1,5 metro entre as pessoas e instituição de uma barreira física de proteção entre os pacientes e atendentes. Quando não for possível, demarcar no chão esse distanciamento. Também deve limitar o número de um acompanhante por paciente, quando for um caso previsto por lei, ou houver necessidade assistencial. Outra medida é agendar, inicialmente, apenas 2 pacientes a cada hora, objetivando evitar aglomerações.

“Estamos publicando essa portaria com diversas determinações para que os atendimentos ambulatoriais e cirurgias eletivas possam voltar com total segurança, evitando que haja um aumento no número de casos da Covid-19. Reforçamos que todos os equipamentos devem seguir a risca todas as medidas e contamos também com apoio do público para dar mais esse passo no nosso processo de retomada. É importante que os estabelecimentos trabalhem com uma comunicação efetiva, distribuindo materiais explicativos de boas práticas de prevenção e higiene para todos. Os órgãos de vigilância sanitária estarão atentos e atuando nas inspeções”, afirma o secretário estadual de Saúde, André Longo.

O documento também reforça a importância de não compartilhar utensílios de uso pessoal, equipamentos e ferramentas de trabalho, como canetas e celular. Caso haja a necessidade de compartilhamento de materiais de trabalho, deve ser realizada a higienização antes da sua utilização por outro trabalhador. As equipes de trabalho também devem ser organizadas em grupos para facilitar a interação e reduzir os contatos. Isso ajudará a minimizar a interrupção da força laboral no caso de um funcionário apresentar sintomas da Covid-19.

Outra ação é manter o teletrabalho ou trabalho remoto quando possível. Os trabalhadores também deverão comunicar o surgimento de sintomas sugestivos do novo coronavírus, se afastando de imediato de seus afazeres. Para as empresas com mais de 20 funcionários, além da sintomatologia, deve ser realizada diariamente a medição de temperatura dos trabalhadores.

Para o ambiente físico, a SES lembra a importância da desinfecção constante antes, durante e após o expediente. Todas as medidas deverão ser monitoradas permanentemente pelos serviços. Cada Conselho de Saúde, responsável pela fiscalização e regulação das atividades profissionais do setor, também estão definindo e publicando os seus protocolos para nortear as atividades de suas categorias.

NOVA CONVOCAÇÃO – O governador Paulo Câmara assinou, nesta segunda-feira (08.06), a convocação de 43 profissionais aprovados no último concurso da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), sendo 37 para atuação na Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária (Apevisa) e 6 para o Serviço de Verificação de Óbito (SVO). O objetivo é reforçar as ações de vigilância e de fiscalização no Estado, além das necropsias. A lista com os convocados será publicada nesta terça-feira (09.06) no Diário Oficial do Estado (DOE).

“Com essa contratação estamos reforçando, em outras frentes, o sistema de Saúde do Estado. Esses novos profissionais vão ampliar a capacidade técnica para garantir a manutenção dos protocolos e a execução do Plano de Convivência com a Covid-19”, assegurou o governador.

Para a Apevisa, estão sendo convocados fiscais sanitários com formação nas áreas de enfermagem (20), farmácia (12) e nutrição (5). Eles irão atuar nas Gerências Regionais de Saúde nos municípios do Recife, Limoeiro, Caruaru, Salgueiro, Petrolina, Serra Talhada e Goiana.

Diante do início das etapas do Plano de Convivência com a Covid-19, a Secretaria de Saúde, por meio da Apevisa, atuará em ações junto aos municípios pernambucanos realizando avaliação e, em caso de necessidade, intervenções sanitárias para manutenção das medidas restritivas, assim como o acompanhamento e orientação dos estabelecimentos visando à liberação gradual das atividades. Já os técnicos de necropsia irão trabalhar no SVO Recife (5) e na unidade de Caruaru (1).

“Por determinação do governador Paulo Câmara, estamos constantemente reforçando o número de profissionais em atuação na rede estadual de Saúde. Convocamos força laboral para compor as escalas dos nossos hospitais, para o Lacen-PE, para Vigilância Epidemiológica Hospitalar, objetivando garantir o pleno funcionamento dos nossos serviços neste período de pandemia”, destaca o secretário estadual de Saúde, André Longo.

Desde o início da pandemia, o Governo de Pernambuco tem reforçado a rede e, ao todo, já são 7.947 profissionais em processo de contratação, entre concursados e aprovados em seleções. Ao todo, foram 3.046 aprovados em concurso público para serviços da SES-PE e Complexo Hospitalar da Universidade de Pernambuco (UPE), além da atuação convocação da Apevisa e SVO; 4.901 por meio de seleções públicas simplificadas para a SES-PE, Complexo Hospitalar da UPE, Lacen e Vigilância Epidemiológica Hospitalar. Além disso, 1.869 profissionais que estavam atuando em ambulatórios, em situações eletivas, foram recrutados e passaram para a linha de frente da rede hospitalar ou para atendimento no aplicativo Atende em Casa.

 

Confira o Boletim completo no link abaixo:

08.06 – BOLETIM COVID-19_COMUNICAÇÃO SES_PE

Câmara de Vereadores de Itacuruba veta Projeto de Lei do Executivo e população é prejudicada

By BlogFalaPE

A Prefeitura de Itacuruba tem travado uma verdadeira “queda de braço” com a Câmara de Vereadores para conseguir realizar a tão sonhada reforma e ampliação do Clube Municipal de Itacuruba.

Um Projeto de Lei, de autoria do Poder Executivo, que abre crédito adicional especial, foi enviado à Camara há cinco meses. Recentemente, após nova solicitação da prefeitura para colocar o projeto em pauta para votação, o projeto foi vetado, conforme ofício n° 016/2020 do Legislativo do município. Tal decisão do Legislativo impede que a prefeitura inicie a obra, já aprovada pela Caixa Econômica Federal.

Intrigante é que o documento assinado pelo presidente do Legislativo, Mazinho, não possue uma justificativa plausível para tal medida e só penaliza o povo de Itacuruba que aguarda com grande expectativa a reativação do espaço.

O fato também chama a atenção já que o projeto não foi colocado em pauta para votação dos nove vereadores da cidade. Por dois votos contra e um a favor, o projeto foi votado apenas pelos vereadores que compõem a Comissão de Constituição e Justiça, formanda por Kildares Nunes, Nilton João e Rivania Freire, esta última única a favor.

A não autorização da Câmara para efetuar os gastos necessário para reforma do clube prejudica diretamente a população de Itacuruba que deixará de usufruir de uma espaço de lazer, entretenimento e geração de renda para o município.

A notícia foi recebida com repulsa pelo prefeito Bernardo Maniçoba que, mesmo diante do cenário de crise nacional, tem conseguido recursos para desenvolver o município. ” É lamentável que os interesses pessoais estejam acima dos interesses da comunidade. Não vamos permitir que a população seja prejudicada. O jurídico já está tomando as medidas cabíveis e recorrerá aos órgãos judiciais competentes”.

O financiamento do Parque, no valor de R$ 945.118,13, aconteceria por meio da emenda parlamentar do então Deputado Federal Kaio Maniçoba.

Governador convoca novos profissionais para reforçar a saúde

By BlogFalaPE
Governador Paulo Camara assina convocacao de inspetores sanitarios para a APEVISA04

Fotos: Hélia Scheppa/SEI

Os 43 concursados vão atuar na rede pública em Limoeiro, Recife, Caruaru, Salgueiro, Petrolina, Serra Talhada e Goiana

O governador Paulo Câmara assinou, nesta segunda-feira (08.06), a convocação de 43 profissionais aprovados no último concurso da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), sendo 37 para atuação na Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária (Apevisa) e seis para o Serviço de Verificação de Óbito (SVO). O objetivo é reforçar as ações de vigilância e fiscalização no Estado, além das necropsias. A lista com os convocados será publicada nesta terça-feira (09.06) no Diário Oficial do Estado.

“Com essa contratação estamos reforçando, em outras frentes, o sistema de Saúde do Estado. Esses novos profissionais vão ampliar a capacidade técnica para garantir a manutenção dos protocolos e a execução do Plano de Convivência com a Covid-19”, explicou o governador. Para a Apevisa, estão sendo convocados fiscais sanitários com formação nas áreas de enfermagem (20), farmácia (12) e nutrição (5). Eles vão atuar nas Gerências Regionais de Saúde nos municípios do Recife, Limoeiro, Caruaru, Salgueiro, Petrolina, Serra Talhada e Goiana.

Com o início das etapas do Plano de Convivência com a Covid-19, a Secretaria de Saúde, por meio da Apevisa, atuará em ações junto aos municípios pernambucanos realizando avaliações e, em caso de necessidade, intervenções sanitárias para manutenção das medidas restritivas. Também fará o acompanhamento e orientação dos estabelecimentos visando à liberação gradual das atividades. Já os técnicos de necropsia vão trabalhar no SVO Recife (5) e na unidade de Caruaru (1).

“Por determinação do governador Paulo Câmara estamos constantemente reforçando o número de profissionais em atuação na rede estadual de Saúde. Convocamos força laboral para compor as escalas dos nossos hospitais, para o Lacen-PE, para a Vigilância Epidemiológica Hospitalar, objetivando garantir o pleno funcionamento dos nossos serviços neste período de pandemia”, destacou o secretário estadual de Saúde, André Longo.

Desde o início da pandemia, o Governo de Pernambuco tem reforçado a rede estadual de saúde e, ao todo, já são 7.947 profissionais em processo de contratação, entre concursados e aprovados em seleções. Ao todo, foram 3.046 aprovados em concurso público para serviços da SES-PE e Complexo Hospitalar da Universidade de Pernambuco (UPE), além da atual convocação da Apevisa e SVO. Outros 4.901 foram escolhidos por meio de seleções públicas simplificadas, para a SES-PE, Complexo Hospitalar da UPE, Lacen e Vigilância Epidemiológica Hospitalar. Além disso, 1.869 profissionais que estavam atuando em ambulatórios, em situações eletivas, foram recrutados e passaram para a linha de frente da rede hospitalar ou para atendimento no aplicativo Atende em Casa.

Vereador Genildo da Água irá disputar a prefeitura de Triunfo

By BlogFalaPE

De família simples da zona rural, o vereador Genildo Francisco confirma sua pré-candidatura a prefeito do município de Triunfo.

Na eleição de 2016, foi o segundo vereador mais bem votado. Com o trabalho de três anos de legislatura e um mandato bem-avaliado, Genildo se inclinou para disputar a prefeitura, pois enxerga que o trabalho do vereador é limitado, podendo contribuir melhor para o crescimento do município estando como prefeito.

No ano de 2020, no âmbito partidário contou com apoio do deputado federal Pastor Eurico, formando uma chapa competitiva no partido Patriota.

“Estou animado para a disputa, estamos fazendo um bom trabalho no município. Já consegui o apoio de três das maiores liderança da oposição, Lula Baião , Djaci marques e Renato Moisés”, afirmou o prefeiturável.

Genildo da Água tornou-se o candidato da oposição, com um jeito simples e a vontade de dá uma qualidade de vida melhor aos triunfenses, e vem ganhando musculatura na cidade.

Genildo e Pastor Eurico

Deputados estaduais firmam parceria com Ponto de Cuidado, fornecendo material de combate ao coronavírus

By BlogFalaPE

Foto: Marcos Henrique/EM

A Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) realizou parceria com o Governo do Estado, através da Secretaria de Prevenção às Drogas, nas ações implementadas pelo Ponto de Cuidado, equipamento que atende pessoas em situação de vulnerabilidade, prevenindo contra o coronavírus.

O material deve estar nas ruas a partir desta terça-feira (9). A mobilização dos deputados e deputadas deu apoio na confecção de cartilhas informativas sobre higiene, uso de máscaras e autocuidado, além da doação de unidades de pias móveis que serão colocadas em pontos do Estado.

Conduzido pelo secretário de Políticas de Prevenção às Drogas, Cloves Benevides, o Ponto de Cuidado tem fornecido uma média de 2 mil refeições diárias a pessoas em situação de rua e já entregou mais de 20 mil kits de higiene pessoal. Representando o conjunto dos parlamentares, presidente da Alepe, deputado Eriberto Medeiros, visitou o Armazém 14, local de atendimento e apoio aos mais vulneráveis, no Bairro do Recife.

Multa mais cara para quem maltratar animais em Pernambuco

By BlogFalaPE

A Lei 16.895/2020 aumenta para R$ 1 mil o valor da multa mínima

Se não pesa na consciência, maltratar ou abandonar animais, agora, vai pesar ainda mais no bolso de quem não respeita o direito dos bichos. Publicada na última quinta-feira (08), a Lei 16.895/2020 dobra o valor da multa mínima para crimes de maus-tratos em todo o estado de Pernambuco. Os infratores, flagrados ou denunciados, além de serem responsabilizados criminalmente, terão que pagar, no mínimo, R$ 1 mil pelo crime.

O texto altera a Lei 15.226/2014, que estabelece o Código Estadual de Proteção aos Animais.

A nova lei, em vigor desde a sua publicação, é de autoria do deputado Romero Albuquerque, responsável por outras duas mudanças no código que defende os direitos dos animais. O parlamentar é autor da lei que veda o uso de cordas e correntes para prender os animais e estabelece a forma correta de contenção (16.727/2019), e da legislação que proíbe a venda e uso de coleiras de choque para cães (16.734/2019).

Para a lei, qualquer ato ou omissão que atente contra a saúde física ou mental do animal é considerado maus tratos. Por isso, o abandono, a negligência na assistência veterinária e nos cuidados básicos com os animais também podem ser enquadrados como crime. ­

“Esse é um importante avanço em relação à pena monetária, e espero que isso seja refletido no comportamento das pessoas em relação aos animais – seja por consciência dos direitos deles ou por preocupação em não ser multado. O importante é que a nova legislação vai contribuir para a diminuição dos casos de maus tratos”, reflete Albuquerque.

A multa poderá variar entre o novo valor, R$ 1 mil, e R$ 10 mil, valor máximo da penalização que, entre outros pontos, avalia a gravidade do fato, considerando motivo e consequência para a saúde e o bem estar do animal.

Empresários pernambucanos unem forças em ação de solidariedade pela população do Agreste e Sertão do Estado

By BlogFalaPE

Empresários por Pernambuco - Doações no Agreste e Sertão

Para enfrentar os impactos sociais do novo Coronavírus no Estado, grupo de empresários locais lidera segunda fase do projeto com a doação de mais 25 mil cestas básicas para famílias do Agreste e Sertão de Pernambuco em situação de alta vulnerabilidade.

A iniciativa Empresários por Pernambuco, inicialmente formada pelas empresas Viana & Moura Construções, Grupo Cornélio Brennand, Grupo Moura e Ferreira Costa, chega em sua segunda etapa. Com o apoio de outras 30 empresas serão doadas mais 25 mil cestas básicas, dessa vez, destinadas às famílias do Agreste e Sertão. Com um olhar voltado aos que mais precisam, os grupos empresariais se uniram nos últimos meses para ajudar os pernambucanos mais vulneráveis e que têm sofrido com a pandemia do novo Coronavírus. A primeira etapa da iniciativa alcançou 50 mil cestas básicas doadas na Região Metropolitana do Recife.

Nesta segunda etapa, serão alcançados nove municípios do Sertão (Salgueiro, Ouricuri, Araripina, Serra Talhada, Floresta, Belém do São Francisco, Petrolândia, Afogados da Ingazeira e São José do Egito) e cinco cidades do Agreste (Caruaru, Garanhuns, Belo Jardim, Vitória de Santo Antão e Gravatá).

Toda a ação está estruturada na força da união do mundo empresarial e Terceiro Setor. A Associação Amigos do Sertão faz parte dos trabalhos no Sertão, atuando no mapeamento social, seleção das famílias e na logística de entrega das cestas básicas, atuando em parceria com secretarias e órgãos de Assistência Social nas cidades contempladas. Já no Agreste, o mapeamento e estruturação continuam a cargo da ONG Novo Jeito, que também atuou na fase um da iniciativa na Região Metropolitana do Recife.

“A pandemia ainda não deu sinais concretos de redução e isso tem provocado forte impacto social nas famílias que já estavam em situação de maior vulnerabilidade. Nesse momento tão desafiador, foi importante nos juntarmos para ajudar nossa sociedade”, afirma Danila Magalhães, voluntária na ação.

O projeto conta com a participação de uma auditoria externa, que se engajou na causa para dar segurança e confiança a todo o processo de doação dos recursos e das cestas básicas. Outras informações sobre a campanha podem ser acompanhadas no site da iniciativa: http://www.empresariosporpe.com.br.

Serra Talhada divulga boletim da Covid-19 (08/06)

By BlogFalaPE

BOLETIM NOVO CORONAVÍRUS – SERRA TALHADA (08/06/2020)

A Prefeitura de Serra Talhada, através da Secretaria de Saúde, atualiza o Boletim Epidemiológico da COVID-19 nesta segunda-feira (08/06). Foram confirmados mais 25 casos da doença, totalizando 202. São 118 pacientes do sexo feminino e 84 do sexo masculino.

No momento, 107 pacientes estão recuperados, 90 são monitorados em isolamento domiciliar e não há nenhum internamento. Os casos descartados somam 1.118 e 12 aguardam resultados.

Quanto aos profissionais de saúde que testaram positivo, 17 estão recuperados e 10 permanecem em isolamento domiciliar.

Dos diagnósticos de Covid-19, 50 testes foram realizados no Lacen-PE, 140 no Laboratório Municipal José Paulo Terto e 09 são particulares.

Portanto, Serra Talhada contabiliza 202 casos confirmados, 12 em investigação, 1.118 descartados, 107 recuperados e 05 óbitos.

Infestação por bairros: Cohab/Tancredo Neves (11), Bom Jesus (22), Cagep (05/6), IPSEP (36), Caxixola (03), São Cristóvão (22), Borborema (01), Vila Bela (09), Alto da Conceição (11), AABB/Várzea (39), Centro (22), Malhada Cortada/Baixa Renda (03), Universitário (01) e zona rural (16).