Buíque: Arquimedes filia 10 vereadores no MDB, 05 foram eleitos na oposição

Encerrado o prazo para filiações partidárias o prefeito de Buíque, Arquimedes Valença (MDB), demonstrou toda a sua liderança e experiência para entrar na disputa eleitoral com o apoio de 10 vereadores, sendo que cinco (05) deles tinham sido eleitos na chapa adversária, em 2016. A demonstração de força foi ainda maior ao colocar todos os dez parlamentares no partido do Movimento Democrático Brasileiro (MDB), legenda pela qual vai disputar a reeleição e seu 5º mandato. Um xeque mate na oposição.

Seu principal adversário, o ex-prefeito Jonas Camelo (PP), chega ao final do prazo de filiações demonstrando toda a sua falta de liderança com apenas um vereador, a presidente da casa Corina Almeida, esposa do seu pré-candidato a vice, Modesio Soares, pivô do rompimento do vereador Leonardo de Gilberto que passou a integrar a bancada do prefeito ao se filiar ao MDB.

Além dele, também foram eleitos pela oposição em 2016 e deixaram suas legendas de origem para ingressar no partido comandado por Arquimedes Valença os vereadores Felinho da Serrinha, André de Toinho, Ernani Neto e Dão Tavares, que também é tio do ex-prefeito Jonas que, pelo jeito, não tá segurando nem a família ao seu lado. Estão todos agora no MDB. Já integravam a bancada governista, eleitos ao lado de Arquimedes, os vereadores Dodó, Peba do Carneiro, Euclides do Catimbau, Dyego de Barão e Elson Francisco. Todos agora estão também no partido do Movimento Democrático Brasileiro.

Além de montar uma chapa genuinamente do 15 (número do MDB), o prefeito Arquimedes no alto de seus 70 anos demonstrou ainda mais jogo de cintura ao atrais outros ex-vereadores e pré-candidatos para o seu grupo. Na lista está o tio do ex-prefeito Jonas Camelo e ex-presidente da Câmara, Rômulo Camelo. Além dele engrossam a lista a jovem Alessandra Queiroz, Ronaldo Andrade, Felix Mago, Adauto Nilo, Babá do Carneiro, Zé Leite (Cego do Catimbau), Rogerio Tiririca, Márcia Camelo e Ieda Enfermeira.

“Sempre fizemos política com respeito as pessoas, aos adversários e as opiniões contrárias, mas sempre acreditando e lutando por nossos ideais que é ver Buíque crescer e avançar rumo ao futuro com trabalho, saúde, educação, assistência social e desenvolvimento. Estamos prontos para a batalha eleitoral, para os novos desafios, mas até lá temos muitas obras a entregar e a fazer. A ordem agora é trabalhar, sempre respeitando as questões de segurança de enfrentamento ao coronavírus”, finalizou Arquimedes Valença.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.