Câmara do Cabo emite nota de repúdio contra aumento das tarifas de energia elétrica

A Câmara do Cabo de Santo Agostinho vai enviar nesta quarta-feira (28.04) uma carta de repúdio para a Celpe e a Aneel em virtude do aumento das tarifas de energia. As novas tarifas entram em vigor a partir de hoje (29.04) para mais de 3,8 milhões de clientes em Pernambuco. Os clientes residenciais vão pagar 7,46% a mais em suas contas. Os não residenciais terão reajuste de 8,01% e, no caso das indústrias, o aumento chega a 11,89%.

Os vereadores mostraram preocupação alegando que as famílias estão perdendo renda e a economia também vem sofrendo um grande impacto desde o início da pandemia. A nota da Câmara diz que o reajuste é “incoerente com a situação de crise de saúde pública, humanitária e social que os cidadãos vêm passando em virtude desta pandemia que nos assola”. A Câmara do Cabo vai enviar ofício também para a Assembleia Legislativa e os representantes de Pernambuco no Congresso Nacional.

O presidente da Câmara, Ricardinho (MDB), disse que o aumento nas contas de energia prejudica principalmente os mais pobres. Ele lembrou que mais de 70 mil pessoas vivem abaixo da linha da pobreza no município. “Trago esse debate para a Câmara porque não podemos aceitar esse aumento no momento em que os governos estão fazendo um grande esforço para retirar impostos e a Aneel autoriza a Celpe esse reajuste nas tarifas de luz”, disse Ricardinho.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.