Câmara Municipal do Recife participa de reunião do Conselho Nacional do Poder Legislativo Municipal das Capitais, realizado em João Pessoa

O presidente da Câmara Municipal do Recife, Romerinho Jatobá (PSB), representou a Casa de José Mariano no congresso do Conselho Nacional do Poder Legislativo Municipal das Capitais (Conalec), realizado em João Pessoa (PB). Ele foi indicado para a coordenação da regional Nordeste da entidade para o próximo biênio. O evento reuniu vereadores, juristas e especialistas em gestão pública de todo o país. O presidente da república em exercício, o presidente do Senado Rodrigo Pacheco (PSD-MG) também prestigiou o congresso. Romerinho participou da palestra “Três Cases de Sucesso: O papel dos legislativos na discussão de políticas públicas voltadas para o desenvolvimento econômico e social das cidades”. Ao lado dele estiveram os presidentes das câmaras de Florianópolis (SC), Roberto Katumi Oda (PSD); e Boa Vista (RR), Genilson Costa (SD). O presidente do Conalec e da Câmara Municipal de João Pessoa, Dinho Dowsley (Avante), coordenou os trabalhos.

Durante a programação, o presidente do Legislativo recifense apresentou dados de um ano e meio de legislatura. Ele destacou que, ao assumir, no começo de 2021, a atual Comissão Executiva definiu algumas metas para a gestão: aproximar a Casa da população, garantir total transparência, modernizar a gestão e empregar um ritmo de trabalho mais dinâmico às tramitações. Romerinho explicou que, ainda no ano passado, a Câmara do Recife digitalizou todos os processos, praticamente extinguindo o uso de papel.

Romerinho Jatobá mostrou aos participantes os números de 2021, quando o Legislativo do Recife bateu recordes de desempenho em apresentações de Projetos de Lei, Requerimentos, realizou a mais longa reunião plenária da história e garantiu uma audiência virtual quase cinco vezes maior que a registrada em 2020. “Esses resultados são o somatório de esforços de vereadoras e vereadores e de todo o corpo funcional. O vereador é o agente mais pŕoximo da população e tem o poder de tocar na vida das pessoas, ouvindo as demandas, solicitando intervenções ao Executivo e apresentando propostas”, disse o presidente.

O presidente da Câmara Municipal do Recife lembrou que a Casa fez os dois maiores repasses da história do Legislativo para a Prefeitura, transferindo R$ 45 milhões. Foram R$ 30 milhões no final de 2021 para investimentos exclusivos em infraestrutura e R$ 15 milhões para o pagamento de auxílio emergencial às vítimas das chuvas. “Respeitamos a legislação e cumprimos todas as etapas em tempo recorde, para criar a lei que instituiu o auxílio”, disse. Finalizando, Romerinho Jatobá afirmou que a Casa de José Mariano age com independência, mas em harmonia com o Poder Executivo no Recife. “Não temos tempo para gastar em brigas e tumulto. Nossa preocupação é melhorar a vida das pessoas e fazer mais a cada dia”.

Crédito: Juliana Santos

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.