Campanha do laço branco fortalece combate à violência contra a mulher, em Igarassu

Projeto integra os 16 Dias de Ativismo para sensibilizar homens no engajamento pelo fim das várias faces da violência

Hoje (06) é o Dia Internacional dos homens pelo fim da violência contra as mulheres, que originou a campanha do laço branco. A prefeitura de Igarassu, além de aderir ao movimento, promove “16 Dias de Ativismo” com o intuito de conscientizar sobre o enfrentamento de qualquer preconceito e discriminação, em especial contra ao público feminino

As ações são desenvolvidas pela secretaria da Mulher e envolve outras datas comemorativas, como o Dia Internacional da proclamação da Declaração Universal dos Direitos Humanos, celebrado neste sábado (10). Na cidade, a pasta se empenha em promover debates, entrevistas, palestras e rodas de diálogo nas escolas, secretarias e determinados estabelecimentos.

CAMPANHA LAÇO BRANCO:

No dia seis de dezembro de 1989, um rapaz invadiu uma sala de aula da Escola Politécnica de Engenharia, na cidade de Montreal, Canadá, e assassinou 14 mulheres. Em seguida, cometeu suicídio, deixando uma carta declarando que o crime foi feito porque, segundo ele, apenas homens devem estudar o curso.

O ocorrido mobilizou o país e o mundo inteiro. A partir daí, o laço branco simboliza um compromisso da não violência contra a mulher. Somente em 2001 que o Brasil oficializou a campanha. Neste ano, a prefeitura de Igarassu oficializou a adesão à causa, promovendo políticas públicas que buscam atender, principalmente, bairros periféricos.

Foto: Ivonildo Pedro

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.