Cannibal e Evaldo Costa veem a arte como fundamental luta por políticas públicas inclusivas

O candidato a vereador no Recife, Evaldo Costa (PSB) recebeu, na noite desta sexta-feira (2), em uma live no instagram @evaldocosta, o cantor, compositor e líder da banda Devotos, Cannibal – banda criada no ano de 1988, no Alto José do Pinho, Zona Norte do Recife, que marcou a cena musical pernambucana com sua pegada punk e suas letras fortes, carregando as marcas da busca pela conexão do pop internacional com o ambiente de pobreza. 

Para Evaldo Costa, o rock é marcante não só pela sua batida forte, “mas, sim, pela mensagem passada por cada música e aquilo que ela leva sobre a realidade do lugar de origem da banda ou do cantor. Cannibal era um menino que gostava de música e que começou a fazer música e conquistou o papel de referência social e de transformação social”, destacou o socialista.

Marconi de Souza Santos, o Cannibal, cantor e baixista da banda Devotos, destacou que um dos seus desafios é compor e cantar canções que denunciam preconceitos e discriminações, por “muitas vezes, a mensagem não é compreendida pelas vítimas. Eu coloco nas músicas o que eu vejo e o que eu vivo. 

No início, eu participava do movimento punk do Recife e era claro o nosso inconformismo com a falta de políticas sociais dentro da comunidade”. Inspirado por esse desafio, em 2018, o cantor lançou, em parceria com a Companhia Editora de Pernambuco, o livro “Música para o povo que não ouve”.

Evaldo Costa segue realizando lives no seu instagram (@evaldocosta) com personalidades importantes para debater assuntos de grande importância que envolvem a Capital Pernambucana, como cultura, educação, meio ambiente e políticas públicas em benefício da maioria da população do Recife.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.