Casamento Coletivo beneficia 122 casais em Vitória de Santo Antão

By 07/12/2022 - 09:04Pernambuco

O Clube Abanadores – O Leão foi palco para o sim de 122 casais de Vitória de Santo Antão, que se casaram nesta terça-feira (06/12). O Casamento Coletivo foi promovido pelo Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), por meio do Núcleo de Conciliação, em parceria com a Prefeitura da Vitória e a UNIFACOL – Centro Universitário Facol, através da Casa de Justiça e Cidadania e Câmara de Conciliação e Mediação.

Prestigiaram a cerimônia o vice-prefeito Edmo Neves, a juíza Anna Paula Borges Coutinho, o secretário de Asssitência Social, Juventude e Cidadania, Aderval Barros, o reitor da UNIFACOL, Túlio Duarte, a coordenadora do curso de Direito da instituição, Maria Paula Latache, e a oficiala interina do Cartório de Registro Civil das Pessoas do Distrito de Pirituba, Eliane Sandres.

Além da cerimônia, foi organizada uma recepção para os casais e os convidados. Representando o Poder Executivo Municipal, o vice-prefeito, professor Edmo Neves, destacou a importância da iniciativa. “É de grande importância a gente propiciar aos nosso munícipes essa possibilidade de ter essa relação matrimonial consumada através de um ato civil. Foi um ato que foi promovido com muito carinho para que esses casais estejam oficialmente formando uma família”, disse.

O ato contou contou com ações da Secretaria de Assistência Social, Juventude e Cidadania, como explica o secretário da pasta, Aderval Barros. “Esse é um momento de muita felicidade e alegria para essas famílias. Nossa parceria ofertou aos noivos e noivas corte de cabelo, maquiagem, para que esse momento se torna-se inesquecível. A gente vê aqui a felicidade nos olhos das pessoas”, frisou.

Promover cidadania com a oficialização de uniões e parcerias de vida foi o principal objetivo da ação. “Como sempre digo, das funções que eu melhor exerço e que eu acho maravilhoso é celebrar os casamentos. É o Estado trazendo a formalização da família como ente principal da sociedade”, destacou Anna Paula Borges Coutinho, juíza de Direito e coordenadora dO Centros Judiciários de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc) Vitória.

“A gente fica feliz em estar proporcionando esse momento de alegria para esses casais. É uma satisfação tremenda. Que todo dia seja de renovação dos votos, de alegria, de companheirismo, porque casamento é isso, é olhar para o companheiro ou companheira e ter aquela pessoa que sabe que pode contar”, setencia o reitor da UNIFACOL, Túlio Duarte.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.