Casinhas: Juliana de Chaparral expõe dívida de mais de R$ 1 milhão que herdou da gestão passada

Na entrevista concedida à Rádio Integração FM para o balanço dos 100 dias de governo, a prefeita de Casinhas, Juliana de Chaparral (DEM), aproveitou para expor a “herança maldita” deixada pela gestão do ex-prefeito João Camêlo (PSB). De acordo com a democrata, ela assumiu seu mandato em janeiro deste ano com mais de R$ 1 milhão em dívidas para o município.

“As dificuldades foram muitas. Infelizmente, pegamos uma herança maldita da gestão passada, uma dívida de mais de R$ 1 milhão. Só de INSS a dívida deixada foi de mais de R$ 219 mil; e ainda do Fundo Previdenciário de Casinhas, que desde 2019 havia uma dívida que estava sendo recolhida dos funcionários mas não estava sendo repassada, somando o montante de mais de R$ 676 mil; assim como pegamos também uma folha de pagamento da Educação em atraso no valor de R$ 289 mil, que inclusive nós já pagamos”, relatou Juliana.

“E ainda dívidas com o PASEP, a Compesa, a Celpe, que nós pegamos uma dívida dos meses de outubro, novembro e dezembro de 2020 de iluminação pública no valor de R$ 246 mil, fora um parcelamento que foi feito no dia 16 de junho de 2020 e vai até o mês de maio de 2023, que dá um valor mensal de quase R$ 16 mil, somando um montante de R$ 554 mil, além dos consignados que também estavam em atraso”, acrescentou.

“Pra piorar, encontramos os prédios públicos em completa degradação, com todas as escolas acabadas, sem equipamentos, os postos de saúde sem sequer uma pintura feita, uma situação realmente de calamidade. Se pelo menos eu tivesse pego uma escola ou um posto de saúde funcionando adequadamente, mas não foi o que encontramos, pegamos o maior desmantelo. Mas, graças a Deus, muita coisa que a gente se comprometeu em nosso plano de governo, nós estamos executando em nosso plano de trabalho”, pontuou.

Mais Casinhas

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.