Charbel diz não estar surpreso com desistências de Daniel Coelho e Túlio Gadelha

Candidato do Partido Novo critica a velha política

Túlio Gadelha (PDT) na sexta (11), Daniel Coelho (Cidadania) nesta segunda (14). A desistência de ambos da corrida à Prefeitura do Recife não surpreendeu o candidato do Partido Novo, o Procurador Charbel. De acordo com o conservador, a demora da realização das convenções de outros partidos já era um sinal de desistência e alianças entre outros postulantes.

“Novo mesmo só o Partido Novo, né? (risos). Já era esperado, essa é a velha política. É por isso que escolhi o Novo quando decidi me filiar a um partido. Não fazemos conchavo. Se quisermos mudar a política, devemos acabar com a velha política. São anos e anos dessa prática suja e ineficaz, de trocas de favores e promessas de cargos. Quem não tem amarras, segue em frente pra derrubar a dinastia. Não tenho medo e nem acordão com a ‘oposição’”, disse Charbel.

Seu partido, que devolveu para a União o dinheiro do Fundo Eleitoral, confirmou a candidatura da chapa puro sangue na primeira data disponível para a realização de convenções, no dia 31 de agosto. De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral, elas têm de acontecer até a próxima quarta (16).

“Não sou um político profissional, mas encontrei na política a esperança para transformar a nossa cidade. Aceitei com alegria o desafio de concorrer à prefeitura do Recife, pois acredito que posso mudar o rumo da cidade”, concluiu o procurador do município desde 2010.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.