Coluna Fala PE – PSB está entre aliança com o PT e candidatura própria

By 23/04/2021 - 00:00ColunaFalaPE

Há dois caminhos que o PSB vislumbra para 2022 no cenário nacional. A opção de direcionamento que os socialistas adotarem, é fundamental ressaltar, vai impactar de uma forma determinante na eleição para governador em Pernambuco, principal praça e centro de comando do partido de Eduardo Campos e Miguel Arraes. Agentes políticos de dimensão nacional da legenda, o prefeito do Recife, João Campos, o governador Paulo Câmara e o futuro candidato, Geraldo Júlio, estão em lados opostos no que diz respeito a esse caminho a ser tomado.

Ex-secretários de Eduardo Campos, testemunhas e partícipes do auge do casamento entre PSB e PT, Geraldo e Paulo, optam por retomar a aliança com os petistas. O ex-prefeito do Recife quer a força de Lula em seu palanque no ano que vem, fator que lhe garantiria uma enxurrada de votos rumo ao Palácio do Campo das Princesas. Nas internas, Geraldo topa aceitar Marília Arraes, umas das principais opositoras do PSB, como candidata ao Senado em sua chapa, como quer Lula.

Paulo Câmara e a maioria dos deputados federais, senadores e demais lideranças do PSB também são favoráveis à aliança. O governador de Pernambuco, por sinal, é o nome mais cotado para uma eventual vice de Lula no ano que vem. Contudo, há a possibilidade ainda de outro socialista, o ex-governador de São Paulo, Márcio França, também cria de Eduardo, ser o escolhido. Independente do nome, a expressiva maioria do PSB quer a volta do casamento com o PT.

Por outro lado, João Campos é o principal nome dentro do PSB que defende uma candidatura própria do partido à Presidência da República. Principal, não o único. Liderança já com amplo reconhecimento nacional, o prefeito do Recife avalia que um palanque próprio faria o partido crescer nacionalmente mesmo que o postulante não venha a se eleger. A opinião do filho de Eduardo tem peso! João quer o PSB independente do PT, olhando para o futuro e estruturado como um partido grande. Até o ano que vem os socialistas vão maturar o caminho a seguir e tomar uma decisão. Mas é fato que o PSB vai ser protagonista em 2022.

PT QUER – Também não é segredo para ninguém que o PT, tanto a nacional quanto o diretório pernambucano, farão de tudo para ter o PSB consigo. Em Pernambuco, o partido já emitiu nota avalizando a aliança, que culminaria com uma vaga na majoritária da Frente Popular, repetindo o exitoso palanque de 2018. Fala-se, como a Coluna Fala PE trouxe com exclusividade, na deputada federal Marília Arraes como nome para disputar vaga de senadora. Além dela, despontam na bolsa de apostas o também federal Carlos Veras, e o deputado estadual João Paulo, que estaria de volta ao PT. Se ficar com a vice, o indicado tende a ser Dilson Peixoto, aliado do senador Humberto Costa.

UCHÔA – O Blog Ponto de Vista bem lembrou que, se estivesse vivo, o ex-presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco, Guilherme Uchoa, completaria 74 anos ontem. Reconhecido líder político de sua época, Uchôa teve seis mandatos de deputado estadual e ocupou a presidência do Legislativo estadual por seis vezes. Ele teve ainda passagem pelo Poder Judiciário como juiz.
Nascido em Timbaúba, na Zona da Mata Norte, em 1947, atuou também como professor de história e escrivão da Polícia Civil. Amigo dos amigos e articulador de mão cheia, Guilherme Uchôa cravou o seu nome na história política de Pernambuco. Na sua Presidência, a Alepe cresceu enquanto poder.

AUTOS DE INFRAÇÃO – Em sessão realizada na terça-feira (13), a Primeira Câmara do TCE homologou Autos de Infração contra o prefeito de Itapetim, Adelmo Alves de Moura, e o ex-prefeito de Casinhas, João Barbosa Camelo Neto, pela não apresentação de plano para a adequação da destinação e eliminação dos resíduos sólidos urbanos nos chamados “lixões”, previsto na Resolução TC nº 17/2013. O relator dos processos, conselheiro Ranilson Ramos, destacou em seu voto que o descumprimento à resolução do TCE foi identificado por meio de uma auditoria da Casa. As prefeituras não só deixaram de encaminhar o plano de ação previsto, como também não apresentaram justificativa plausível pelo não envio das informações.

ASSOCIAÇÃO COMERCIAL – Depois de uma eleição unânime, o advogado e empresário Tiago Carneiro assume a presidência da Associação Comercial de Pernambuco (ACP). A solenidade de posse ainda não tem data prevista, mas acontecerá de forma virtual. Já as celebrações presenciais, estão previstas para acontecer em agosto, mês de 182 anos de existência da instituição. A nova gestão, liderada por Tiago Alencar Carneiro, conta com os nomes de Victor Tavares de Melo, Isaias Carneiro, Antônio Fabrício Guedes, Halim Nagem, Jaime Monteiro, Álvaro Dantas, Darlan Sampaio e Martín Figueiredo, assumindo os oito cargos de vice-presidentes, além de grandes nomes pernambucanos na diretoria, comissão e no conselho.

O povo quer saber: Moro foi um juiz parcial mesmo, como afirmou decisão do STF?

Por Fernanda Maria, Cientista Política.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.