Coluna Fala PE – Sem espaço na Esquerda, Ciro mira em partidos de Direita e quer tirar Bolsonaro do 2º turno

By 30/04/2021 - 00:00ColunaFalaPE

Sem espaço de crescimento na esquerda depois que o ex-presidente Lula voltou ao jogo, o pré-candidato do PDT ao Palácio do Planalto, Ciro Gomes, tem dado sinais de que pode optar por um caminho diferente na disputa de 2022. O cearense, que tem mais a cara do Centro, avalia se posicionar no espectro da Direita. A meta, suspeita-se até que combinada com Lula, é ocupar um espaço que hoje é do presidente Jair Bolsonaro.

Mirando o Centro, o pré-candidato pedetista estaria iniciando conversas com os partidos desse espectro, no sentido ganhar espaço em cima de Bolsonaro, deixando o presidente restrito à extrema Direita. Ciro quer tirar Bolsonaro do segundo turno e disputar com Lula, que hoje lidera as pesquisas, a preferência dos brasileiros.

As primeiras notícias dão conta de que o alvo preferencial do pedetista é o DEM. Ciro já teria até um nome do partido para compor a sua chapa: o presidente do Senado Federal, Rodrigo Pachêco, que já está se afastando do Bolsonarismo e ensaiando uma postura mais independente na Casa Alta. Resta saber se outras lideranças da legenda, como Rodrigo Maia e ACM Neto, aceitarão uma furada de fila por parte de Pachêco.

Também contará nessa ofensiva de Ciro Gomes o comportamento de outras forças do Centro, sobretudo, de outros candidatos mais à direita, a exemplo de Luiz Henrique Mandetta, Sérgio Moro e João Dória. O fato é que o caminho a ser escolhido por Ciro é menos tortuoso do que ir para o embate na Esquerda, onde Lula e o PT tendem a ser hegemônicos.

CLIMA ESQUENTANDO – Depois de o prefeito de Garanhuns, Sivaldo Albino, ter ido para Imprensa criticar Miguel Coelho, acusando o gestor de esquecer Petrolina e só pensar em sua pré-candidatura ao Governo do Estado, a resposta foi instantânea. Adversário de Sivaldo, que derrotou seu candidato em 2020, o ex-prefeito, Izaías Régis, correu para rebater o socialista, dizendo que Sivaldo só pensa no PSB e esquece da população de Garanhuns. Para além da troca de farpas entre situação e oposição, a briga política em Garanhuns também chama atenção. O clima está esquentando!

CANDIDATÍSSIMO – A prefeita de Surubim, Ana Célia Farias, recebeu, ontem, o secretário-executivo de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, Rodrigo Farias, e o presidente da Perpart, Nilton Mota. Candidatíssimo a deputado estadual, Rodrigo já começa a circular pelas bases da sua família. A candidatura daquele que é um dos principais auxiliares do ex-prefeito Geraldo Júlio já havia sido antecipada pela Coluna Fala PE, que apurou também que Rodrigo será um dos nomes preferenciais do chefe na disputa do ano que vem. Farias é sobrinho de Nilton Mota e primo de Ana Célia. É gente do bem, fiel e discreto na sua atuação.

ENTREGAS – Deputado estadual licenciado e secretário de Turismo e Lazer de Pernambuco, Rodrigo Novaes foi à Itaíba, no Agreste, promover, ao lado da prefeita, Regina da Saúde, uma série de entregas ao povo da cidade, que anteontem completou 59 anos. Novaes também teve compromissos na Pedra e em São Caetano. Todas as agendas, é importante salientar, foram simbólicas e seguiram os protocolos de saúde estabelecidos em decorrência da pandemia. Em Itaíba, as benfeitorias foram em diversas áreas. Teve entrega de Academia da Saúde e assinatura de ordem de serviço para a construção de uma escola no povoado de Jirau, e inauguração de uma praça no povoado de Salgado.

FISCALIZAÇÃO – A Prefeitura de Vitória de Santo Antão, por meio da Agência Municipal de Trânsito (AGTRAN), inicia, na próxima segunda-feira, o videomonitoramento e fiscalização em pontos estratégicos do município, como na Avenida Mariana Amália, Praça da Matriz, Avenida Henrique de Holanda, Praça Duque de Caxias e Rua Dr. José Rufino, no bairro do Cajá. A autarquia municipal também está iniciando o estudo para a ampliação do número de câmeras na cidade. As ações de cunho educativo também terão continuidade, inclusive, com programação voltada para o movimento Maio Amarelo, que visa a conscientização sobre segurança no trânsito.

O povo quer saber: o problema da falta de vacina é culpa do Ministério da Saúde ou das prefeituras?

Por Fernanda Maria, Cientista Política.

1 Comcentário

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.