Coluna FalaPE – Keko isola oposição e compromete eleição de Lula Cabral para deputado estadual

By 01/10/2021 - 00:00ColunaFalaPE

Ex-prefeito do Cabo de Santo Agostinho, Lula Cabral está desnorteado! O atual gestor da cidade, Keko do Armazém, isolou a oposição, cresceu politicamente – tem o apoio de 21 vereadores -, acertou na gestão e comprometeu a eleição do seu principal adversário para deputado estadual. Sem saída e nem apoios, Lula vai ter que gastar muito com lideranças comunitárias e outros suportes para ver se consegue, com muita sorte, voltar à Assembleia Legislativa.

Olhando para 2022, a primeira derrota o ex-prefeito da tornozeleira eletrônica já sofreu. E quem vai pagar a conta é sua filha e atual deputada estadual, Fabíola Cabral, que vai ter de abdicar do projeto de reeleição para apoiar a campanha do pai de retorno à Alepe. Lula, que antes dizia em todo lugar que seria deputado federal, foi obrigado a tirar o time de campo e recuar.

Sem saída e nem respaldo popular, pois vem de uma derrota acachapante nas urnas e de um período preso por desvio de milhões do fundo de aposentadoria dos servidores da prefeitura, Lula Cabral, agora, já mudou o disco: fala apenas da sua candidatura ao Legislativo estadual. A filha, coitada, vai ter que arrumar outro serviço a partir de janeiro de 2023.

Enquanto Lula só perde, o atual prefeito avança. Terça-feira passada, Keko assinou o contrato de operação de crédito, no valor de R$ 90 milhões junto à Caixa Econômica Federal, por meio do Programa de Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (FINISA), destinados para melhorias na infraestrutura do litoral do Cabo de Santo Agostinho.

Os recursos do FINISA serão somados a complementação de aproximadamente R$ R$ 27 milhões oriundos do fundo municipal para viabilizar serviços de pavimentação asfáltica, drenagem pluvial, sinalização viária, iluminação pública, calçadas acessíveis, construção de praças e pequenos parques urbanos. O custo total de investimentos em infraestrutura e saneamento somam mais de R$ 117 milhões.

“Esse é um sonho antigo. Planejamos a requalificação da orla do Cabo em 2019 enquanto estive prefeito nos 360 dias, mas hoje, podemos comemorar essa conquista que será um grande divisor de águas no desenvolvimento do potencial turístico, cultural e geração de emprego e renda do nosso litoral”, ressaltou Keko do Armazém. As intervenções estão previstas para iniciar em até 90 dias, com prazo final de 24 meses.

Dentre as obras que integram o contrato encaminhado à CAIXA estão serviços de terraplanagem, pavimentação e drenagem em mais de 160 ruas; requalificação urbana da orla de Gaibu; enrocamento da praia de Gaibu (solução técnica emergencial para conter o avanço do mar); requalificação da estrada de acesso à Suape; Canal do Boto, anel viário 03, estrada velha de Suape, requalificação da AV. Laura Cavalcanti e construção do Centro de Atenção ao Turista (CAT).

Estiveram presentes na assinatura do contrato a superintendente Executiva de Governo da Caixa Econômica Federal Claudia Vasconcelos; Gerência de Governo Isabella Pessoa; secretário Municipal de Infraestrutura Fernando Martins; Executivo de Obras Marcos Matoso e secretária de Finanças e Arrecadação Sizenalda Timóteo.

O povo quer saber: Lula Cabral consegue, pelo menos, salvar um mandatinho de deputado estadual?

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.