Coluna FalaPE – O papel de Álvaro Porto na reafirmação de independência do Legislativo

By 18/10/2023 - 00:00ColunaFalaPE
Foto: Jarbas Araújo

Coube ao presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco, o deputado estadual Álvaro Porto (PSDB), voltar a reafirmar, por meio não apenas de atos, mas principalmente ao fazer do diálogo entre os pares uma ferramenta essencial, a posição de independência do Poder Legislativo em relação ao Executivo.

Em uma das principais e mais polêmicas pautas em trâmite na Alepe no período pós-recesso parlamentar, a análise dos vetos do governo às propostas feitas pelos deputados estaduais ao Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLDO) para o exercício de 2024, foi devido à capacidade de articulação e expertise de Porto que, mais uma vez, o parlamento transmitiu ao Campo das Princesas a mensagem de que a Casa de Joaquim Nabuco não irá aceitar imposições.

Adepto ao diálogo e tido como pilar fundamental na manutenção da teoria da “boa vizinhança”, muitas vezes tem caído sobre o colo do presidente da Alepe a responsabilidade de apaziguar os ânimos entre o secretariado e interlocutores do governo e os deputados estaduais, que, no episódio de ontem, não hesitaram em externar desconforto com a rejeição na integralidade pelo Campo das Princesas das sugestões feitas pelos parlamentares ao PLDO.

Apesar de a derrubada dos vetos do Executivo pelo plenário da Alepe não ter se dado de forma unânime, sem dúvida alguma, Álvaro Porto demonstrou o porquê de ocupar o cargo de presidente do Legislativo e contar com o respeito dos pares.

Veto I – Chamou atenção na sessão plenária de ontem (17) na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), que culminou na derrubada dos vetos feitos pelo governo Raquel Lyra (PSDB) às emendas propostas pelos deputados estaduais ao Projeto Lei de Diretrizes Orçamentárias para o ano de 2024, os votos de Álvaro Porto (PSDB) e João Paulo (PT). Correligionário da governadora, o presidente da Casa defendeu a rejeição do texto do Executivo, enquanto o petista se posicionou favorável à proposta do Campo das Princesas.

Veto II – Apesar de integrar a bancada de oposição a Raquel Lyra na Alepe, João Paulo disse enxergar “o entendimento e a negociação como o melhor caminho para Pernambuco”. Por sua vez, Álvaro Porto alegou que os acordos encaminhados pelo Palácio ao Legislativo não teriam sido “favoráveis”.

Pesquisa bombou – A pesquisa do Instituto DataTrends no Recife foi um dos assuntos mais comentados no estado nas últimas horas. O levantamento mostra o prefeito João Campos com 75,1% de aprovação popular e com 55,2% das intenções de votos, liderando todos os cenários para 2024. O instituto se prepara para fazer levantamentos em outras cidades, apimentando ainda mais os bastidores políticos de Pernambuco.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.