Coluna FalaPE – Paulo Câmara deseja disputar o Senado em 22

By 22/09/2021 - 00:00ColunaFalaPE

Ainda sem candidato a governador definido, o PSB já tem pretendente à vaga de senador se colocando para a corrida. Nos bastidores da Frente Popular, a informação é que o próprio governador Paulo Câmara, em fim de mandato, deseja disputar o Senado em 2022 pelo bloco aliancista. O chefe do Executivo estadual estaria, inclusive, comunicando seu desejo aos aliados mais próximos.

De acordo com fontes privilegiadas, Paulo não toparia concorrer a deputado federal como chegou-se a especular nas internas. Sua opção número 1 é a disputa pela Casa Alta, onde teria, caso eleito, um mandato de oito anos. Além dessas opções, o atual mandatário do Palácio do Campo das Princesas também tem seu nome lembrado para a vice da chapa presidencial petista a ser encabeçada por Lula.

Outra alternativa para o futuro político de Paulo seria terminar o mandato, não candidatar-se a nada e esperar um eventual convite de Lula para ser ministro ou uma vaga no Tribunal de Contas do Estado (TCE). Vale salientar que Câmara é auditor de carreira da corte estadual de contas. Portanto, conhece da matéria e está familiarizado com a função.

Pesa contra o desejo do governador a dificuldade do PSB em ficar com as duas cabeças de chapa em 2022, vedando espaços para outras forças políticas que integram a Frente Popular e que são fundamentais para a manutenção de poder dos herdeiros do ex-governador Eduardo Campos.

Quem está de olho na vaga de senador do bloco é o PT. Especula-se que Lula estadia insistindo para a deputada federal Marília Arraes aceitar a missão. Marília, contudo, estaria irredutível em subir no mesmo palanque do PSB; preferindo ou lançar-se para governadora ou ir para uma reeleição tranquila.

Além dos petistas, quem corre por fora pela vaga de senador da Frente Popular é o deputado federal Silvio Costa Filho. Articulado é trabalhador, o presidente do Republicanos em Pernambuco é querido por todos – de Lula ao PSB – e tem chances de ganhar a indicação, caso Paulo Câmara siga para outras missões.

Por fim, o também deputado federal André de Paula, que preside o PSD local, é apontado como uma possibilidade. Ao contrário de Silvio Filho, André é mais discreto nos seus movimentos e, ao que parece, não vai se esforçar muito para obter a indicação; preferindo a reeleição para o parlamento.

O povo quer saber: Paulo Câmara deve candidatar-se ao Senado?

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.