Coluna FalaPE – Paulo Câmara surpreende com vinda da Escola de Formação do Exército para Pernambuco

By 22/10/2021 - 00:00ColunaFalaPE

O governador Paulo Câmara surpreendeu com o aval do presidente Jair Bolsonaro. É que o Exército Brasileiro escolheu Pernambuco para sediar a sua nova Escola de Formação e Graduação de Sargentos de Carreira. A decisão foi comunicada oficialmente pelo comandante do Exército, general Paulo Sérgio Nogueira, ao governador, ontem.

É bem verdade que o estado foi o vencedor de uma espécie de “leilão”; mas a gestão de Paulo fez sua parte. O Governo de Pernambuco se comprometeu a investir mais de R$ 320 milhões em obras de infraestrutura no entorno da área onde será instalada a instituição, que vai concentrar cerca de 10 mil pessoas, entre alunos, professores, pessoal de apoio e familiares.

E tem muita cidade da Metropolitana que vai sair ganhando. A escola também vai criar um novo polo de desenvolvimento em uma região limítrofe entre os municípios do Recife, Camaragibe, São Lourenço da Mata, Abreu e Lima e Araçoiaba.

“Por quase dois anos, foi realizado acurado trabalho que analisou possíveis locais em todo o território nacional, sendo pautado por aspectos eminentemente técnicos. Como resultado, três guarnições foram selecionadas para a segunda fase do trabalho, na qual o estudo foi ainda mais minucioso. Ao término desse processo, ouvido o Alto Comando do Exército, a cidade selecionada para sediar a nova escola é Recife-PE”, afirmou o general, por meio de ofício.

O governador comemorou a conquista.
“Quero agradecer ao comandante Paulo Sérgio Nogueira e ao seu Estado Maior pelo profissionalismo de todo o processo, assim como o empenho de todo o nosso time e da bancada pernambucana no Congresso Nacional, que muito contribuiu para mais essa vitória”, pontuou Paulo Câmara.

O povo quer saber: para quem devem ir os louros da vinda da Escola de Formação do Exército: Paulo Câmara ou Bolsonaro?

1 Comcentário

  • daladier disse:

    Os louros vão pra Bolsonaro. Se for esperar esse investimento o Exército vai ficar como a Fiat, deitado em berço esplêndido. Até hoje se espera o Arco Metropolitano prometido à época. O governo estadual tem é que terminar as obras paradas. Que o diga, por exemplo, o terminal de ônibus de Igarassu!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.