Coluna FalaPE – Pernambuco deve eleger a maior bancada feminina da história

By 06/09/2022 - 00:00ColunaFalaPE

Dos 25 deputados federais pernambucanos eleitos, em 2018, apenas uma era representante do sexo feminino. Com a reeleição tida como garantida, em outubro, Marília Arraes alçou voos mais altos e preferiu deixar de lado um segundo mandato assegurado, para disputar o Governo do Estado. Em caso de vitória, será a primeira mulher a governar Pernambuco.

Diferentemente do que ocorreu no pleito passado, quando os homens ocuparam quase 100% das cadeiras da bancada pernambucana na Câmara dos Deputados, neste ano, pelo menos três candidatas estão na briga pra valer: Maria Arraes, Fabíola Cabral e Iza Arruda.

Apesar de serem calouras na política, Maria e Iza entram no jogo com bastante chances de sucesso. A irmã de Marília Arraes e neta de Miguel Arraes já está com um pé em Brasília. O espólio político da líder das pesquisas de intenção de votos ao Governo de Pernambuco garante à família a continuidade da missão parlamentar. A expectativa é de que Maria Arraes dispute com o primo Pedro Campos, irmão do prefeito do Recife, João Campos, a primeira colocação no gosto do eleitor.

Iza Arruda, outra estreante do trio, é filha do prefeito de Vitória de Santo Antão, Paulo Roberto. Bem articulada, ela conseguiu montar uma base sólida que lhe coloca como a grande favorita do MDB à vitória. A movimentação deixa de antena ligada o companheiro de partido, o ex-governador e deputado federal Raul Henry, que corre o risco de ficar sem mandato.

Quem deve pipocar de votos e tem vaga garantida é a deputada estadual Clarissa Tércio (PP). Defensora da pauta evangélica e aliada do presidente Bolsonaro, a deputada estadual tem tudo para se firmar entre os parlamentares mais votados no Estado.

Filha do ex-prefeito do Cabo de Santo Agostinho, Lula Cabral, a deputada estadual Fabíola Cabral tem pavimentado bem o seu caminho rumo ao rimeiro mandato de deputada federal. Apesar de ainda não ter a eleição garantida, é muito provável que Fabíola troque a Alepe pela Capital Federal.

Correndo por fora estão a vice-prefeita Isabela de Roldão (PDT) e a vereadora Andreza Romero (PODEMOS), ambas do Recife. No caso da dupla, o caminho é mais difícil, mas nada é impossível de acontecer numa eleição.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.