Comitê Popular Juventude de Luta do Cabo é lançado na Cohab reunindo lideranças jovens de duas gerações

By 21/08/2022 - 11:58Pernambuco

Uma das primeiras ações da campanha da Frente Popular de Pernambuco no Cabo de Santo Agostinho, o lançamento do Comitê Popular Juventude de Luta do Cabo, reuniu lideranças jovens, representantes de partidos, segmentos sociais e artistas cabenses na Praça da Rua 55 na Cohab, ontem, sábado (20/08). O vice-prefeito do Cabo e coordenador da campanha de Lula na Mata Sul e Litoral Sul do estado, Professor Arimatéia (PT), esteve presente, e conclamou os jovens a se engajarem na campanha, fazendo a defesa das universidades públicas e da diversidade. “Nas caminhadas que faremos não vamos andar apenas com as pernas do Lula, mas com os sonhos do Lula, defendendo um Brasil que estuda, que tem decência, que respeita as minorias e as diferenças, para sermos feliz de novo”, anunciou.

O evento foi organizado pelo Fojuca (Fórum da Juventude Cabense), representado por Matheus Mariano, Glaubberthy Gusman e Allan Rosendo, coordenadores do Comitê Popular da Juventude. O PCdoB, esteve representado por Alexandra Lages e o PSOL por Lorenna Benjamin. Também participaram a presidente do Centro das Mulheres do Cabo, Nivete Azevedo; o presidente do PT Municipal, Antonio Loureço (Tony); o secretário municipal do PT, Severino João e a representante da mulher jovem negra, Ananda Swamy, que junto à outros líderes jovens fizeram suas falas contra o desmonte da Educação ocorrido no Governo Bolsonaro. “Desde 2018 não tivemos um plano de melhoria na Educação com esse desgoverno que aí está, e não por má gestão, mas por um projeto de desmonte mesmo das nossas universidades federais, institutos federais e Educação Básica”, denunciou.

As falas também lembraram que Lula precisará de parlamentares que somem-se ao projeto de “devolução do País ao povo trabalhador” e os discursos faziam a defesa da Democracia, enfatizando ações de Lula à favor da Educação, ampliando e criando programas como Fies, Enem, ProUni e Sisu, em que “o filho do pobre teve acesso às universidades públicas”. Artistas com Lula também levaram suas mensagens na defesa do projeto de “Reconstrução do Brasil” e soerguimento da Cultura, e foram contemplados pela fala de Joan,

e Lorenna. O trio Zabumba do Mestre Chimba emocionou a todos com músicas icônicas da Cultura Popular pernambucana e brasileira.

Um dos organizadores do evento, Matheus Mariano, presença destacada entre os militantes, registrou a indignação do segmento jovem com Bolsonaro. “Quem defende o Brasil defende a soberania, a Democracia, os valores, a liberdade, a pluralidade da nossa sociedade”, bradava. Cientista Social (UPE), Mestre em Sociologia e Professor e Pesquisador da Fundação Joaquim Nabuco, Matheus Mariano, criticou o discurso de Bolsonaro de que só ele representaria os cristãos. “É um discurso fascista”, disparou.

Professor Arimatéia, defendeu a participação das mulheres na política e pediu que todas se envolvam com a campanha. “Vamos sair daqui cada um e cada uma com a tarefa de levar para a sua casa e comunidade, o compromisso com a Democracia, e vamos levar Danilo Cabral ao Governo do Estado, além da grandiosa mulher, Teresa Leitão, a ser a primeira senadora da República de Pernambuco. Teresa é uma professora digna, decente, que será uma grande senadora, porque sempre foi uma grande mulher e tem competência para nos representar”, resumia Arimatéia. “A voz de Lula é a voz da Democracia, cidadania, dignidade e da decência do povo brasileiro”, sentenciou.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.