Autoritarismo do presidente da Câmara de Casinhas gera confusão

Ontem um fato inusitado aconteceu durante a audiência pública da saúde na câmara municipal do município de Casinhas.

A secretaria Geisa estava fazendo toda explanação e esclareceu que não apresentaria o terceiro quadrimestre de 2020, pois não tinha conseguido os dados da gestão anterior.

Apresentaria o primeiro quadrimestre de 2021 e que no segundo quadrimestre de 2021 mostraria o de 2020. Tudo caminhava bem com os vereadores presentes,mas o presidente da câmara Átila Barbosa, que já chegou atrasado, e sem nenhuma justificativa disse que a audiência estava suspensa.

Ainda foi tentado um diálogo para que a audiência continuasse, mas o presidente disse que na câmara quem mandava era ele, pois era o presidente até 2022.

Todos ficaram sem entender a atitude do presidente, inclusive o vereador Everaldo pediu que fosse registrado em ata a atitude do presidente da casa.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.