Danilo Cabral no segundo turno serátambém a vitória dos 120 prefeitos da Frente

By 01/10/2022 - 12:12Pernambuco

A eleição estadual deste domingo (2) é uma prévia da eleição municipal de 2024 em todo o estado de Pernambuco. O mapa dos resultados setorizados da disputa para o governo em cada cidade servirá como panorama da corrida para a prefeitura e para as câmaras dos 184 municípios do estado. O candidato Danilo Cabral e os partidos coligados pela Frente Popular contam com o apoio declarado e público de cerca de 120 prefeitos na base, o que representa 64,6% de todos os gestores. A conquista da vaga de Danilo para o segundo turno significa uma vitória desses 120 prefeitos.

Ao mesmo tempo, funcionará como alicerce para prefeitos, vice-prefeitos e outras lideranças da coligação seguirem com seus projetos políticos-administrativos e partidários daqui para frente. Reflexão semelhante pode-se fazer sobre os candidatos a deputado estadual e federal eleitos pela Frente Popular. Danilo ganhando espaço e avançando no segundo até a conquista definitiva da vaga para o Palácio do Campo das Princesas, todos ganham. Pode-se analisar também no sentido contrário.

Neste domingo, cada voto conquistado tem a expressão de força política; e o volume percentual sobre o total de votos de cada cidade revelará a capacidade de mobilização de uma liderança política. Cada eleitor, novo ou veterano, que votará em Danilo40 em um município confirmará uma mobilização, e dimensionará a eficiência do corpo-a-corpo nas calçadas das casas da zona urbana e nos sítios da zona rural dentro de determinado limite territorial. Isso porque, por mais que a propaganda eleitoral tenha funcionado para a apresentação de Danilo levando-o ao segundo lugar nas pesquisas, esta é a primeira campanha majoritária dele. Tradicionalmente, muitos dos votos são influenciados pela opinião do maior cabo-eleitoral da cidade – no caso, um prefeito. É assim no Nordeste, no Brasil e no mundo inteiro.

Danilo reuniu mais de 100 desses 120 prefeitos um dia antes do início da campanha oficial, em evento no Recife. Fez fotos com o grupo. Naquele encontro, ao lado de Teresa Leitão (candidata ao Senado), o ex-deputado e agora candidato à suplência do Senado, Silvio Costa, já falava sobre o perfil municipalizado de toda eleição e da importância do prefeito. Silvio defendia que os aliados fizessem a “pedagogia” e a conquista do voto por meio do convencimento – aquele conhecido corpo-a-corpo. “Política é escolha”, pontuava Silvio.

Na mesma ocasião, Teresa Leitão, hoje líder na corrida pela vaga do Senado, lembrava da força de uma união política. Ela recorreu a uma comparação com a pandemia da Covid-19, quando eram grandes o desalento, a miséria e a fome. Teresa dizia que dessa realidade os prefeitos entendiam mais porque é na porta deles que “o cidadão e a cidadã primeiro batem e procuram quando precisa”. Os prefeitos, pontuava Teresa, sabem como é administrar o Fundo de Participação dos Municípios (FPM) pequeno, como é gerir os recursos da merenda. A petista citou um exemplo prático de que a união faz a força: “Foi o consórcio dos governadores do Nordeste que ajudou no enfrentamento da pandemia numa hora que Bolsonaro deu as costas para o povo”, enquanto Bolsonaro dizia que, se tomasse a vacina, virava jacaré, imitava uma pessoa com falta de ar, e dizia que a pandemia era só uma gripezinha.

Com 120 prefeitos dando sustentação à Frente Popular e visando o segundo turno, Danilo Cabral está confiante. O candidato socialista promete seguir em busca de votos nestes dois dias até as 17h do final da votação do domingo. Entre aliados, a expectativa é de que os prefeitos, e candidatos a deputado da Frente Popular dêem a arrancada da reta final, como é tradição. Contam com a fidelidade de antigos parceiros políticos que estiveram com Danilo enquanto deputado federal, dos que deram historicamente palanque ao ex-governador Miguel Arraes e dos que deram a vitória ao ex-governador Eduardo Campos e ao atual governador Paulo Câmara. Porque Danilo foi alçado a liderar a Frente Popular e em torno de um projeto maior e multipartidário agora em 2022, mas a Frente Popular representa um coletivo e tem muitos rostos.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.