Delegada Gleide Ângelo destina emendas parlamentares para São Lourenço da Mata


Deputada também firmou compromisso em favor da empregabilidade das mulheres do município

Cumprindo agenda administrativa em São Lourenço da Mata, na região metropolitana, a Delegada Gleide Ângelo se encontrou com o prefeito Vinícius Labanca (PSB). Na pauta, o fornecimento de recursos em favor do fortalecimento de ações em defesa dos direitos das mulheres e a ampliação da rede de apoio às cidadãs do município. Com mais da metade da população feminina, a cidade deteve, em 2020, a média de um registro boletim de ocorrência por violência doméstica para cada 100 mulheres são-lourensenses.

Além da disponibilização de recursos para a ampliação do trabalho desenvolvido pela Secretaria Executiva da Mulher, vinculada à Secretaria de Assistência Social, a parlamentar também se comprometeu com a viabilização de cursos e oficinas de capacitação e de empregabilidade voltados para o incremento da economia local. “A gente sabe que a pandemia prejudicou a economia como um todo. Mas as mulheres foram muito mais penalizadas: muitas não tiveram como acumular os cuidados com os filhos, com as atividades domésticas, com o home office e entregaram seus cargos. Outras tantas, tiveram perda de produtividade e foram demitidas. É fundamental que trabalhemos em políticas públicas para a reinserção das mulheres no mercado de trabalho”, explica.
INDÚSTRIA – Na contramão deste cenário, a parlamentar conheceu a estrutura da fábrica de componentes eletrônicos Mec-tronic.

Trabalhando com a fabricação de interruptores, plugues, tomadas e afins, a empresa detém um quadro de funcionários essencialmente feminino. Cerca de 80% da mão de obra é composta pelas mulheres de São Lourenço da Mata. “O mais comum é que as mulheres trabalhem com o comércio, com a educação, que foram alguns dos setores mais afetados pela pandemia. É maravilhoso encontrar aqui em São Lourenço esta integração das mulheres em setores tradicionalmente masculinos. É por este cenário de igualdade de oportunidades entre homens e mulheres que batalhamos”, conclui.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.