Delegada Gleide Ângelo indica abertura de novo concurso público para quadro penal

By 22/02/2021 - 10:41Pernambuco

As questões pertinentes à segurança pública não se limitam à Secretaria de Defesa Social, mas envolvem o trabalho em parceria e articulação com outras pastas, entre elas, a de Justiça e Direitos Humanos. Desta maneira, a Delegada Gleide Ângelo fez uma indicação na Assembleia Legislativa do Estado para o governador Paulo Câmara e para o secretário Pedro Eurico, solicitando urgência na abertura de novo concurso público para o complemento do quadro de policiais penais de Pernambuco.

Atualmente, o quadro penal do estado é composto por 72 unidades prisionais, entre cadeias públicas, presídios e penitenciárias, que juntos detêm uma população superior a 33 mil pessoas. Entretanto, existem apenas 1.598 policiais penais, antes conhecidos como agentes penitenciários, para comportar esta realidade. De acordo com o sindicato da categoria, há uma deficiência de 2.200 vagas para a execução coerente do serviço. “Apesar de um concurso em 2017, de lá para cá, há o registro de aposentadorias de vários policiais penais e pessoas que saíram do sistema penitenciário por motivos diversos. São vagas que precisam ser preenchidas, afinal, o melhor funcionamento do serviço penitenciário, implica no melhoramento da segurança pública”, esclarece a Delegada.

Além disso, a parlamentar salienta que o estado se prepara para a inauguração de outros blocos da unidade de Itaquitinga, no Agreste – o que reforça a necessidade da ampliação do efetivo profissional. “Para a abertura de outros prédios ou a construção de unidades futuras, é urgente o planejamento de estrutura, de equipamentos e de pessoal”, frisa. Desta maneira, a Delegada prepara um levantamento com os números da defasagem do quadro de policiais penais para apresentar junto ao Palácio e à Secretaria de Justiça e Direitos Humanos.

CONCURSADOS – No início do mês, a Delegada Gleide Ângelo esteve ao lado do governador Paulo Câmara para oficializar a nomeação de 1.925 aprovados nos concursos das Polícias Militar, Civil e Científica e do Corpo de Bombeiros Militares, situação acompanhada de perto pela deputada desde 2019. “Precisamos sempre fortalecer a segurança pública. Este foi e sempre será o meu primeiro compromisso com a população, porque eu sou delegada de polícia”, comentou na ocasião.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.