Delegada Patrícia defende melhoria e manutenção de serviços públicos em agenda na Guabiraba

Fotos: Tiago Calazans

Neste domingo (11), a agenda da Delegada Patrícia (Podemos) começou às 12h na Estrada de Munheca, bairro da Guabiraba, Zona Norte do Recife. A candidata participou da festa de aniversário do candidato a vereador Kekel da Comunidade (Podemos).

A festa ocorreu em uma área limítrofe localizada na região de mata da Guabiraba, o maior bairro em extensão territorial do Recife. Kekel mobilizou lideranças comunitárias no evento. A comunidade reclama da confusão na divisa entre Recife, Camaragibe e Paulista. “Os serviços não chegam porque ninguém sabe o que é. Agora que começou a lotear, quero ver quem vem na hora de cobrar o IPTU”, disse o comerciante Breno Ramon, 33 anos, que mora no loteamento há 2 anos.

“Nós teremos uma atenção especial com as áreas limítrofes. Nossa gestão vai assumir essa responsabilidade. Vamos convocar os prefeitos das cidades limítrofes a participarem da ações para revitalização dessas áreas. Vamos capitanear esse processo de colaboração”, disse a delegada.

Em seguida, por volta das 15h, a delegada visitou a Festa das Crianças na comunidade de Bola na Rede, ainda na Guabiraba. O evento, que aconteceu na Praça da Bíblia, foi promovido pelos comerciantes da área, com o apoio da candidata a vereadora Luciana Delavec (Cidadania).

Os moradores da Bola na Rede reclamam que o posto de saúde que atende a comunidade não tem médicos suficientes. Lindalva Souza, 67 anos, mora há 30 anos na Bola na Rede. “O posto de saúde é o mesmo que não ter. Estou precisando de uma ressonância na perna e ninguém né encaminha para canto nenhum. O atendimento é muito ruim. Aqui também é muito inseguro. A população vive com medo”, afirmou.

“A Bola na Rede deixará de ser uma comunidade esquecida. Vamos fazer com que as políticas públicas que possam gerar uma vida digna à população cheguem”, prometeu Patrícia.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.