Delegada Patrícia realiza carreata pelas ruas do Recife

Na manhã deste domingo (4), a Delegada Patrícia (Podemos), candidata a prefeita do Recife, promoveu sua primeira carreata pelas ruas da capital pernambucana. Vestidos de verde, uma multidão de apoiadores seguiu a delegada por todo o percurso. Leo Salazar (Cidadania), candidato a vice-prefeito da coligação, e o deputado federal Daniel Coelho (Cidadania), acompanharam Patrícia na agenda, em trio elétrico.

Em um dia ensolarado e com clima de festa, a carreata saiu por volta das 9h em frente ao Classic Hall, e seguiu pela Avenida Agamenon Magalhães, em Santo Amaro, área central do Recife. Chegando à Zona Sul, centenas de veículos coloriram de verde e roxo a Avenida Herculano Bandeira, no Pina.

Ao ritmo das buzinas e das músicas da campanha, Patrícia recebeu o carinho dos moradores do Recife por onde passou. O segurança Ricardo Nallin, 38 anos, estava no Pina quando a carreata da delegada chegou ao bairro. Ele disse confiar em Patrícia para mudar o Recife. “A cidade está precisando é de uma mulher, mesmo. Uma pessoa honesta, trabalhadora. E ainda delegada, que batalha contra a corrupção. Eu acho que ele vai botar ordem na casa”, elogiou.

A carreata seguiu pela Avenida Domingos Ferreira, em Boa Viagem, e foi até a altura da Rua Dr. Vicente Gomes. Em retorno, os veículos foram pela Avenida Boa Viagem, acompanhando a orla no sentido Pina. Em seguida, os carros, motos, bicicletas e pedestres seguiram pela Avenida Antônio de Góes, onde está localizado o comitê da Delegada Patrícia.

Por volta das 12h os primeiros apoiadores, a pé, começaram a chegar no comitê da delegada e aguardaram a chegada da candidata. Patrícia parou no local pouco antes das 14h e discursou para os apoiadores espontâneos que acompanharam o evento. No palco, os candidatos a vereador da chapa Mudança Já marcaram presença.

“Quero agradecer a todos vocês que participaram desse momento histórico. Foi linda a nossa carreata. Viemos mostrar que é possível fazer uma campanha baseada em ideias e não com dinheiro. Ninguém pagou R$ 150 para alguém colocar o carro na rua, não. Estou vendo nos olhos de cada um de vocês”, disse Patrícia.

“O sobrenome do Recife não é Mendonça, Arraes, Campos. O sobrenome do Recife é o sobrenome de todos nós. Essa cidade é nossa. Nós vamos libertar o Recife juntos. Amanhã a nossa campanha está na rua. É uma campanha lisa, porém uma campanha limpa. Sem caixa dois, sem pilantragem e sem roubalheira. É possível fazer uma campanha honesta. Essa é a cara da nossa gestão”, defendeu Patrícia.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.