Deputada Roberta Arraes solicita ao governo que caminhoneiros entre no grupo prioritário da vacina contra a COVID-19

By 15/01/2021 - 16:34Pernambuco

A deputada Roberta Arraes encaminhou à secretaria de Saúde de Pernambuco, diretamente ao Comitê Técnico Especial para Vacinação contra a COVID-19, um ofício solicitando que a classe dos caminhoneiros entre no grupo prioritário da vacina contra o novo coronavírus.

De acordo com a parlamentar, os caminhoneiros são de extrema importância para o desenvolvimento do país, por eles transitarem em todas as regiões do Brasil, levando desde os nossos alimentos à produtos mais complexos. É importante que a sua solicitação seja avaliada de acordo com o plano de operacionalização da campanha de vacinação do estado.

“São esses profissionais que trabalham dia e noite levando e trazendo alimentos, insumos, remédios, matéria prima para as indústrias, entre tantos outros produtos. Para trabalharem com segurança, eles precisam se protegerem, por isso pedimos as autoridades em saúde que analisem tecnicamente para que sejam inclusos nos grupos prioritários da vacina”, afirmou.

Roberta Arraes, que também preside a comissão de Saúde e Assistência Social da Alepe, ainda no ano passado, deu entrada no projeto de lei de n° 1424/2020, sugerindo diretrizes e planejamento na execução da vacina, como dar prioridade em uma primeira etapa a vários grupos considerados vulneráveis ou de risco, entre eles, profissionais de saúde, profissionais da educação, idosos, pessoas com deficiência e doenças raras.

“Friso mais uma vez, a importância dos profissionais de educação entrarem também neste plano de primeira etapa da vacinação contra a COVID-19. Vamos aguardar e acompanhar as decisões das autoridades responsáveis”, disse a parlamentar.

Por fim, a deputada destacou que o Governo de Pernambuco já encaminhou 1,5 milhão de seringas para os municípios e que outras remessas serão enviadas ao longo da campanha de acordo com a chegada da vacina, através do Ministério da Saúde.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.