Deputada Simone Santana quer incluir combate à violência contra a mulher na Política de Prevenção ao Crime e à Violência de Pernambuco

Foto: Deyvid França

Nos últimos dias, dois crimes cometidos contra pernambucanas chocaram a população. O assassinato da jovem Rebeca Nunes (22) e o estupro coletivo de uma adolesente de 16 anos revoltam, mas não são casos isolados. Diante da incidência das diversas formas de violência contra as mulheres, a deputada Simone Santana (PSB) deu entrada no Projeto de Lei (PL) nº2027/2021, que exige a inclusão de diretrizes específicas de combate às agressões contra as cidadãs na Política Estadual de Prevenção Social ao Crime e à Violência.

Atualmente, a Lei 16.569/2019, que institui a política citada, prevê o combate a crimes urbanos, com foco na redução da criminalidade nos espaços públicos. No entanto, a violência contra as mulheres prevalece no ambiente doméstico e o enfrentamento desses crimes exige abordagens específicas. “Queremos colocar uma lupa sobre esta chaga social. A Política de Prevenção ao Crime e à Violência estará incompleta se ignorar os crimes cometidos por motivação de gênero”, afirma a autora da proposição, que também solicita a divulgação sistemática dos dados policiais relacionados à violência contra as pernambucanas.

Confira o texto do PL na íntegra: http://www.alepe.pe.gov.br/proposicao-texto-completo/?docid=7149&tipoprop=p

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.