Dirceu Barros decide arriscar o nome e legado para concorrer contra seus aliados para procuradoria-geral de Justiça do MPPE

By 02/01/2023 - 09:56Pernambuco

Hoje 2 de janeiro é a data prevista para acontecer a eleição para escolha dos nomes da lista tríplice do novo procurador-geral de Justiça do biênio 2023 – 2025 do Ministério Público de Pernambuco (MPPE).

A decisão do ex-procurador-geral Dr. Francisco Dirceu Barros em concorrer ao cargo surpreendeu seus aliados, provocou constrangimento aos amigos, alguns candidatos, e que contavam com seu apoio para implementação de um projeto inovador e progressista no MPPE.

Dirceu Barros, é um nome grande nos quadros do Ministério Público de Pernambuco, além de Promotor de Justiça, ele também é escritor, e goza de muito respeito e consideração da parte dos seus pares. Quando exerceu a função de PGJ, contou, com o apoio e auxílio de um grupo robusto de promotores, para o sucesso do seu mandato.

E é contra esse grupo que conta, por exemplo, com os promotores Dr. Maviael Silva, Antônio Fernandes e Dr. Rinaldo Jorge, que Barros resolveu disputar e arriscar o nome e legado ao concorrer a lista tríplice e ao cargo de procurador-geral de Justiça do Ministério Público de Pernambuco.

Sua recente participação na disputa ao cargo de desembargador do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), não foi positiva; O desejo pelo poder parece não estar em sincronia com a realidade. Sem dúvidas, se contribuir com o grupo manterá sua história acrescida da integridade de um caráter revestido de gratidão, se insistir com a disputa, poderá sair menor do que entrou; dessas eleições e da história.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.