Dormentes: Governo de Pernambuco inicia ampliação do Pátio Evércio Coelho de Macedo e autoriza investimentos para o fortalecimento da ovinocultura

By 27/09/2022 - 21:55Pernambuco

27 de setembro de 2022 – Nesta terça-feira (27), dois novos projetos serão anunciados para impulsionar a economia do Sertão de São Francisco. O presidente da Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (Adepe), Roberto de Abreu e Lima, visitará a cidade para assinar a ordem de serviço para início das obras de reforma e ampliação do Pátio da Feira de Animais Evércio Coelho Machado e concretizar o apoio ao projeto que beneficiará 30 pequenos produtores rurais, criadores de ovinos da Associação dos Pequenos Produtores do Sítio Baixa dos Mourrinhos, em Dormentes.

É no pátio da feira de animais de Dormentes que acontece o maior evento de caprinos e ovinos da região, responsável por fomentar, também, o turismo agropecuário no município. A reforma, que será conduzida pela Adepe, consiste na construção de cobertas, ampliação de mais 44 baias de caprinos, construção dos banheiros e parte da pavimentação do novo pátio de eventos.

Segundo a Adagro, Dormentes contabiliza 292 mil cabeças de ovinos e 124 mil cabeças de caprinos. Semanalmente, no pátio da feira são comercializados cerca de três mil animais (ovinos – 83% e caprinos – 17%) para outros municípios e estados do Brasil.

O segundo investimento do Governo do estado para o município é o projeto de apoio à Associação dos Pequenos Produtores do Sítio Baixa dos Mourrinhos, com investimentos de R$ 270 mil que beneficiará 30 pequenos produtores rurais, criadores e ovinos da associação, beneficiando o comércio local, escolas, restaurantes e feiras livres. O projeto traz a possibilidade do aumento ou complementação da renda dos atendidos com a comercialização da produção da carne e a valorização da produção dos agricultores familiares no município.

“A iniciativa possibilitará que os produtores realizem todos os processos localmente, retirando os prestadores de serviço e atravessadores da cadeia que atualmente ficam com um percentual do valor do produto comercializado. Além disso, traremos o protagonismo, deveres e funções a serem desenvolvidas em prol do empreendimento com o objetivo de fortalecer os associados”, pontuou o presidente da Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, Roberto de Abreu e Lima.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.