Dos 17 ex-ministros de Bolsonaro, nove foram eleitos, três estão no segundo turno e cinco foram derrotados, incluindo Gilson

By 03/10/2022 - 16:58Pernambuco

A candidata do PT em Pernambuco ao Senado atropelou o adversário, Gilson Machado, que, como se diz na gíria popular, está até agora procurando qual foi a placa do carro.

O que surpreendeu foi o resultado pífio do ex-ministro, já que a maioria dos candidatos de Jair Bolsonaro (PL) à Casa Alta venceram as eleições ou tiveram desempenho superior.

Dos 17 ex-ministros de Bolsonaro que se candidataram nestas eleições, nove foram eleitos, três estão no segundo turno e cinco foram derrotados, como é o caso de Gilson.

O curioso é que Marcelo Álvaro Antônio, que antecedeu Gilson Machado no Ministério do Turismo, conseguiu uma vaga de deputado federal por Minas Gerais.

Numa eleição visivelmente fácil, Gilson demonstrou dificuldade. Fácil porque a eleição havia polarizado entre ele e a candidata do PT, mas o sanfoneiro, fraco todo, não se mostrou competitivo.

Fora isso, o partido comemora resultados expressivos ao eleger quatro deputados federais e cinco estaduais. Se não fosse a fatalidade do dia das eleições, Bolsonaro poderia ter um candidato ao Governo de Pernambuco no segundo turno.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.