Eduardo da Fonte aciona Ministério de Minas e Energia para apurar erros que podem ter deixado contas de luz mais cara

By 24/11/2021 - 08:33Pernambuco

O deputado federal Eduardo da Fonte (PP-PE) cobrou do Ministério de Minas e Energia informações sobre ações tomadas pela ANEEL para corrigir as falhas apontadas pela Controladoria-Geral da União (CGU), que identificou erros no cálculo das contas de luz da população, entre 2017 e 2020, e devolver o valor indevidamente cobrado dos consumidores. O Tribunal de Contas da União (SIT 1521) e a Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara também foram acionados.

“A imprensa noticiou um erro grave no cálculo das tarifas de energia que acabou prejudicando os consumidores.
Vamos fiscalizar e cobrar que isto seja apurado e os brasileiros sejam devidamente indenizados, caso o erro seja confirmado. São erros técnicos envolvendo a Usina de Belo Monte que, pelo que foi apontado, podem ter gerado um prejuízo de mais de R$ 5 bilhões aos consumidores”, afirmou Eduardo da Fonte.

O parlamentar também cobrou a devolução aos consumidores de R$ 7 bilhões cobrados a mais nas contas de luz. A cobrança a mais foi descoberta pelo TCU em 2009 graças a um pedido de fiscalização de Eduardo da Fonte.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.