Em convenção, Dr. Auricélio consegue a união das maiores forças políticas de Cabrobó

Um ato grandioso e uma mensagem de compromisso e esperança para a população cabroboense. Assim foi a convenção da Coligação Cabrobó Unidade e forte, que homologou os nomes de Dr. Auricélio Torres (PSB) para prefeito e Edgar Caldas (PROS) vice.

A convenção reuniu o PSB, PDT, PT, PCdoB, PROS, PSD e PV. Por conta da pandemia, o evento teve um formato inédito em Cabrobó em cumprimento decreto do Governo do Estado, com um número limitado de 100 de pessoas na quadra da Escola Senador Paulo Guerra. Para alcançar a população houve uma live (transmissão ao vivo pela internet, através das plataformas youtube e Facebook).

Com 30 candidatos a vereador de diversos segmentos sociais, a coligação conta com uma chapa de peso formada por dois ex-prefeitos: Dr. Auricélio (um mandato) e o vice Edgar Caldas (três mandatos), além do apoio incondicional do líder político Eudes Caldas (dois mandatos).

“Este é o palanque da experiência e de quem mais fez por Cabrobó. Juntando esses três nomes temos aí os realizadores de quase todas as obras públicas de nosso município”, afirmou o pré-candidato a vice-prefeito Edgar Caldas.

Em seu discurso, Dr. Auricélio fez um retrospecto de suas ações e mostrou que fez muito pela saúde, Educação, agricultura, ação social, urbanismo, desenvolvimento econômico, além das políticas afirmativas, como o trabalho inédito da criação da secretaria da mulher, que lhe rendeu premiação.

O pré-candidato do PSB destacou que durante a sua gestão ultrapassou barreiras burocráticas e conseguiu trazer uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento) para Cabrobó, mesmo o município tendo quantidade de habitantes inferior a 50 mil habitantes. “Uma pena que o prefeito atual não fez a UPA funcionar, preferindo transformar a obra em uma extensão do hospital”, afirmou Dr. Auricélio.

Em clima de muita animação, o socialista demonstrou muita vontade e disposição para a campanha. Lembrou que aceitou o desafio porque tem a responsabilidade e compromisso com o povo de Cabrobó e não por projetos pessoais. “Atendi a uma convocação da população. Fui chamado para dar continuidade a um trabalho que deu certo e que, sabemos, pode fazer muito mais. Minha obsessão é o trabalho, pois é o trabalho que pode mudar Cabrobó, não as palavras”, concluiu sob aplausos.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.