Em entrevista, Igor Miranda faz duras críticas a gestão de Vertentes: “Estão inertes, parados e não cuidam das pessoas”

By 20/04/2020 - 14:39BlogFalaPE

Igor Miranda, pré-candidato a prefeito em Vertentes pelo PSB, participou por telefone, do programa Plantão de Notícias, na rádio Integração FM, nesse último sábado (18/04), com o apresentador Alan Lucena. Inicialmente, foi destacada a união do grupo de oposição, formando a Frente Popular de Vertentes, com a consolidação dos nomes que serão candidatos a vereador, todos pelo PSD, e com o pré-candidato a vice-prefeito, Dimas do Sindicato, pelo PT, repetindo assim a mesma chapa de 2016.

Informou, ainda, a composição da chapa majoritária com a participação do Republicanos-10, partido pelo o qual o mesmo disputou as eleições em 2016. A composição apresentada demonstra, portanto, o crescimento e fortalecimento do grupo, que hoje detém 4 vereadores de mandato. Entretanto, Igor fez questão de destacar que todos que vão para a disputa pela câmara de vereadores tem total condições de contribuir e realizar o trabalho esperado na câmara legislativa de Vertentes.

O pré-candidado aproveitou para reclamar da inércia, falta de ação, da gestão municipal no combate ao coronavírus na cidade, cobrando ações já tomadas por outras cidades, inclusive vizinhas, como entrega do kit da merenda aos responsáveis pelos alunos que se encontram em casa, devido a pandemia; atendimento precário com o hospital municipal fechado desde de janeiro; e a falta de informação repassada pela prefeitura na cobertura dos casos monitorados, resultando, como sempre, na falta de trato da gestão em cuidar das pessoas, que deveria ser obrigação e prioridade daqueles que são eleitos.

Além disso, falou e comentou sobre a busca por justiça dentro do município, no combate à corrupção, com os supostos casos de corrupção expostos nas redes sociais no mês de março, com vídeos e áudios do vice prefeito e prefeito, respectivamente.

Igor também destacou seu compromisso e paixão pela educação, com sua experiência na Secretaria de Educação do Estado e depois nas secretarias que o Dep. Danilo Cabral atuou como secretário, mostrando-se assim inteirado e preparado para tratar a educação e da gestão municipal, sendo sabedor dos problemas e até das perseguições sofridas pela classe dos professores, com a falta de remuneração adequada, não observação ao plano de cargos e carreiras, falta de estrutura nas salas de aula, merenda de baixa qualidade, não pagamento dos precatórios, etc. Assim, Igor prometeu um discurso mais alinhando com a classe dos professores além de outras classes citadas na entrevista, ressaltando a falta de políticas públicas na questão social para os jovens e idosos da cidade, além de uma política pra a agricultura familiar efetiva.

Finalizou a entrevista renovando os votos de esperança para os vertentenses e convidando a todos para participar e elaborar o seu plano de governo, no intuito de planejar uma gestão inclusiva e participativa.

OUVIR A ENTREVISTA

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.