Em Palmares, Miguel Coelho pede união da Mata Sul pela mudança

By 11/11/2021 - 09:25Mata Sul

Num evento prestigiado por dezenas de lideranças políticas da Mata Sul, o prefeito Miguel Coelho promoveu, nesta quarta (10), em Palmares um debate sobre os principais desafios da região. O ato foi marcado por duras críticas de prefeitos, empresários e moradores pela falta de investimentos e abandono por parte do Governo do Estado aos municípios da Mata.

Com vários prefeitos e ex-prefeitos da região participando do debate, Miguel ouviu queixas sobre falta de água, saúde precária, estradas deterioradas e algumas obras simbólicas paralisadas por anos, como as barragens. Anfitrião da cidade, o prefeito Júnior de Beto lamentou a ausência do Governo do Estado, relatou o medo de sofrer novamente com enchentes e defendeu uma mudança nos rumos da política pernambucana. “O PSB já deu o que tinha para dar. A gente não pode errar de novo. Não podemos continuar vendo nossa Mata Sul esquecida e abandonada”. A crítica à falta de investimentos foi reforçada também pelo prefeito de Xexéu, Thiago de Miel. “A gente não tem aqui o mínimo para o povo sobreviver”, complementou.

Apesar das reclamações em coro reverberadas pelos prefeitos da Mata, Miguel acredita que o momento é uma oportunidade para debater caminhos e para nutrir esperança nos projetos de mudança oferecidos pelas oposições. “Nós da Mata, do Sertão, de todas as regiões, estamos cansados. Pernambuco está precisando de um governador que olhe o Estado por inteiro. Está na hora de tirar Pernambuco do atraso. A força da esperança é mais forte que qualquer diferença e, se estivermos unidos, vamos devolver esperança ao povo pernambucano”, convocou Miguel.

O encontro em Palmares teve ainda a presença dos deputados estaduais Antonio Coelho, Alessandra Vieira; os prefeitos Charles Batista (Joaquim Nabuco), Fátima Borba (Cortês) e Júnior “Carro Veio” (Jacuípe-AL). Também estiveram no debate ex-prefeitos, vice-prefeitos, vereadores entre outras lideranças políticas e econômicas da Zona da Mata.

Foto: Ricardo Labastier

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.