Em sabatina do G1, Marília Arraes detalhou proposta para popularizar o ensino de TI no Estado

By 22/08/2022 - 18:00Pernambuco

O Programa Projovem Pernambuco tem como foco preparar os jovens para ocupar vagas que hoje estão ociosas ou são ocupadas por profissionais de outros estados, num mercado de trabalho que não para de crescer

Durante a sabatina promovida pelo portal G1, nesta segunda-feira (22), a candidata ao Governo de Pernambuco, Marília Arraes, apresentou novos detalhes de sua proposta para democratizar o acesso à Tecnologia da Informação e Informática para os jovens do Estado: o programa Projovem Pernambuco. “Recife é um dos maiores polos de tecnologia da informação da América Latina e há uma carência de mão de obra especializada para suprir as demandas das empresas instaladas aqui. É um absurdo ter a maior taxa de desemprego do País e não conseguir preencher as cerca de 600 vagas criadas todos os anos no Porto Digital”, afirmou.

A proposta, que está inserida no programa de Governo registrado pela coligação PERNAMBUCO NA VEIA, passa pela inclusão do ensino da Lógica dos Algoritmos e Linguagem de Programação nos três anos do ensino médio. As aulas serão voltadas a aplicações diversas, inclusive lúdicas, além de proporcionar uma maior empregabilidade dos jovens egressos das escolas públicas estaduais, a exemplo do que acontece na Índia, que virou o maior polo de TI do mundo. Para execução do programa, será necessário um aporte de R$ 200 mil por escola, o que representaria algo em torno de R$ 100 milhões a serem investidos nos próximos quatro anos.

Além do Ensino Médio, o programa Iniciação Digital vai garantir o acesso de estudantes oriundos da rede pública aos cursos superiores de Tecnologia da Informação em faculdades privadas. “A concorrência nos cursos de TI das universidades públicas é enorme e há muitos estudantes da rede pública que apesar de tirarem boas notas no Enem não conseguem a vaga. Para esses alunos e alunas nós vamos oferecer uma espécie de bolsa de estudo para eles cursarem TI em boas faculdades privadas”, detalha.

Saúde

Marília, que também participou, na manhã desta segunda, de sabatina na Rádio Folha, abordou ainda outras propostas do seu plano de governo, como saúde, segurança pública, educação e estradas.

A candidata reforçou seu compromisso com investimentos na saúde, principal problema enfrentado pela população do estado. Inicialmente, Marília se comprometeu em tirar do papel as promessas não cumpridas pelo PSB e Paulo Câmara, principalmente os grandes hospitais que não tiveram suas obras iniciadas ou concluídas pela atual gestão estadual. “Prometeram construir um Hospital da Mulher em Petrolina, mas não foi feito. Petrolina precisa de um grande hospital para atender aquela macrorregião. O Hospital Dom Malan, que já existe na cidade, vai virar um centro materno-infantil.”

A candidata ao Governo de Pernambuco também se comprometeu com a construção de grandes unidades de saúde em outras regiões do estado. “Vamos fazer o Hospital do Câncer de Araripina, que também é um passivo do PSB, terminar o de Serra Talhada, que ficou pela metade, e ampliar o Hospital João Murilo, em Vitória de Santo Antão.”

Marília também falou sobre descentralizar os serviços de atendimento de saúde e sobre sua proposta do Mais Médicos Pernambuco. “No Recife, são 1.460 habitantes por médico, uma das menores do País, enquanto no interior são 3.768 por médico. Vamos pagar a faculdade de pessoas que não têm condições de arcar com o curso de medicina. Em contrapartida, o estudante, depois de formado, tem que passar, pelo menos, três anos atendendo no interior. É como acontece nos cursos de pós-graduação.”

*Visita a Eduardo Monteiro, presidente da Folha de Pernambuco*

A candidata ao Governo de Pernambuco, Marília Arraes, e sua comitiva, após a sabatina na Rádio Folha, fez uma visita institucional ao presidente do grupo EQM, Eduardo Monteiro, e a direção da Rádio Folha e do Jornal Folha de Pernambuco.

“A Folha de Pernambuco e a Rádio Folha são importantes instrumentos de comunicação para o povo de Pernambuco. Veículo com credibilidade e que leva a informação com precisão para o povo”, afirmou.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.