Empresário acusa prefeita de Amaraji de perseguição política

By 15/01/2022 - 14:19Mata Sul

Candidato a vereador mais votado nas últimas eleições no município de Amaraji, localizado na região da Mata Sul pernambucana, o empresário Araújo, que é uma das principais lideranças políticas da cidade, acusa a prefeita Aline Gouveia de perseguição.

O proprietário da Araújo’s Conveniência afirma que recebeu com surpresa, na sexta-feira (14), uma notificação extrajudicial com um tom intimidador. Segundo ele, com justificativa de impedir os avanços da pandemia, o documento o impediria de realizar um suposto “evento, no domingo (16). Ainda de acordo com Araújo, nenhum tipo de evento está programado para acontecer neste dia.

“Na contramão da gestão, temos todas as preocupações com a Covid-19. Seguimos com rigor todos os protocolos sanitários recomendados. O que sabemos é que no final de semana passada, após um evento, desta vez real, promovido pela prefeitura, muita gente contraiu o vírus. Além disso, Amaraji não disponibiliza o número de médicos suficiente para atender a população, e a vacinação na cidade aconteceu de forma capenga. Somos um comércio que gera emprego e reforça os cofres da prefeitura com o pagamento de impostos”, criticou Araújo.

“Nos domingos, pessoas se reúnem ao ar livre, nas proximidades da Araújo’s Conveniência. Quem entra na loja é obrigado a respeitar os protocolos sanitários, além disso, orientamos sobre as formas corretas de prevenção, fora da loja. O papel da prefeitura é educar e fiscalizar, e não ameaçar”, concluiu Araújo.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.