Eriberto Medeiros homenageia o ex-senador Ney Maranhão com nome em rodovia em Moreno

By 26/07/2022 - 12:14Pernambuco

Uma lei de autoria do presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), deputado Eriberto Medeiros (PSB), presta uma homenagem (in memoriam) ao ex-senador Ney Maranhão. Por meio da lei nº 17.735/2022, fica denominada de Rodovia Senador Ney de Albuquerque Maranhão a PE-007, no trecho que liga o centro de Moreno, na Região Metropolitana do Recife, até a entrada da BR-232, em Moreno.

A referida lei do deputado Eriberto Medeiros reconhece os importantes serviços prestados pelo senador Ney Maranhão à sociedade pernambucana, onde teve uma brilhante trajetória política. Além de ter passado pelo Senado, ele também já ocupou os cargos de deputado federal, secretário da Prefeitura de Jaboatão dos Guararapes, assessor especial do Governo de Pernambuco, além de assessor especial e técnico no Senado Federal.

Natural de Moreno, onde nasceu no dia 10 de dezembro de 1928, Ney Maranhão era filho de Maria do Carmo Barbosa Maranhão e de Constantino Carneiro Maranhão, que foi cinco vezes deputado estadual, tendo presidido a Assembleia Legislativa de Pernambuco e assumido, interinamente, o Governo do Estado. Ney iniciou sua carreira política como prefeito de Moreno, eleito em 1951. Em outubro de 1954 elegeu-se deputado federal por Pernambuco.

Em 1958, ficou na primeira suplência para a Câmara Federal, assumindo o mandato em diversas ocasiões ao longo da legislatura. Já em 1962, elegeu-se deputado federal. Em 1966, foi eleito, mais uma vez, para representar o povo pernambucano na Câmara Federal, onde integrou também a Comissão de Agricultura e Política Rural da Câmara dos Deputados. Em 1986, foi eleito como 1º suplente de senador na chapa que tinha Antônio Farias como candidato. Com o falecimento do titular, Ney Maranhão assumiu o mais alto cargo de sua trajetória política: o Senado Federal, onde ficou até 1995.

Ney Maranhão será lembrado como um homem público valente, autêntico, destemido, leal e que era conhecido por preservar suas raízes mesmo nas ocasiões formais do Senado, utilizando seus ternos de linho branco e suas inseparáveis alpercatas de couro. Ex-prefeito de Moreno, quatro vezes deputado federal e ex-senador por Pernambuco, Ney Maranhão faleceu no Recife no dia 11 de abril de 2016, após uma batalha contra o câncer, aos 88 anos de idade.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.