Experiência do Jaboatão com o COAPES é considerada referência e premiada com documentário

A experiência do município do Jaboatão dos Guararapes com o COAPES (Contratos Organizativos de Ação Pública Ensino-Saúde) foi classificada como a melhor do Estado de Pernambuco no XXVI Congresso Nacional de Secretarias Municipais de Saúde, realizado de 12 a 15 de julho, em Campo Grande/MS. O prêmio será a participação em um documentário da Série WEBDOC Brasil, Aqui Tem SUS, situando a gestão do programa em Jaboatão como referência, entre técnicos e gestores da saúde nacionalmente.

O trabalho apresentado (COAPES/Jaboatão dos Guararapes: Quatro anos de implementação e suas contribuições para a rede municipal de saúde) é de autoria de Márcia Santos Brasil e coautoria de Rayane Aguaiar de Melo, Beatriz Fabiano de Oliveira, Carolina Piedade Morais  e  Zelma Pessôa, todas gestoras da Secretaria Municipal de Saúde do Jaboatão. Primeiro, ele foi selecionado entre os dez melhores do Estado, pelo Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Pernambuco (Cosems-PE) e encaminhado ao  Conselho Nacional de Secretarias de Saúde.

“O município do Jaboatão dos Guararapes foi pioneiro na implantação do COAPES no Estado, em 2017, e a premiação é o reconhecimento de uma gestão que investe em um processo contínuo de construção coletiva da Rede SUS Escola, junto às instituições de ensino, trabalhadores da rede municipal e com controle social, no intuito de formar o profissional de hoje e do futuro conjuntamente e trazendo impactos significativos à saúde da população”, comemora o prefeito Mano Medeiros.

A secretária de Saúde do município, Zelma Pessôa, observa que  Jaboatão já vinha se destacando no COAPES, pois, além do seu pioneirismo, o trabalho extrapola a relação institucional e tem resultados bastante positivos, em pouco tempo. “A qualificação de nossa equipe foi muito elogiada, no congresso. E vários municípios pernambucanos já vieram conhecer nossa experiência, antes de iniciar o programa”, conta. Feliz com o reconhecimento, Márcia Brasil, que é gerente de educação em saúde, salienta: “Socializar essa experiência, além de trazer visibilidade ao trabalho construído, incentiva que seja replicado em outros municípios, fortalecendo, assim, o SUS”.

O COAPES/JG foi criado por portaria dos Ministérios da  Saúde e da Educação, em 2017. É uma ferramenta de organização do processo de Integração Gestão-Ensino-Serviço-Comunidade que possui Edital permanente para contratualização no município. Jaboatão aderiu rapidamente e, inicialmente, firmou contrato com oito instituições de ensino, com vigência de cinco anos, mas atualmente há contrato com 11 instituições.

“Estudantes destas Instituições de Ensino realizam estágio curricular em nossa Rede de Saúde, o que vai acumulando um saldo que, a cada quatro meses, é transformado em equipamentos e mobiliário para as Unidades de Saúde, ou mesmo em alguma construção ou reforma, de acordo com as necessidades apresentadas”, explica Márcia. O acompanhamento do processo é feito pela Comissão de Integração Ensino-Serviço municipal, que se reúne bimensalmente, e pelo monitoramento do Comitê Gestor Local.

Por meio do programa, foram ocupadas em torno de 5.500 vagas de estágio de 2018 a 2021, nos campos de prática disponibilizados pelo município, sendo a maior demanda pelas áreas de enfermagem, medicina e odontologia. Pelas contrapartidas pedagógicas, foram beneficiados mais de mil profissionais, até o momento, e desenvolvidas 39 ações diretas, entre cursos de curta duração e vagas para especializações. Já as contrapartidas financeiras possibilitaram reformas e manutenções das estruturas das unidades de saúde, assim como aquisição de equipamentos, totalizando investimentos de R$ 2.986.748,63 e R$ 2.343.266,68, respectivamente, executados até 2021.

NOVO CONVÊNIO

Nesta terça-feira (19/07), às 11h, a Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes firma novo convênio com a Faculdade Tiradentes (FITS) – integrante do Grupo Tiradentes –  para a construção de um centro de especialidades médicas na cidade, com investimento de R$ 6 milhões oriundos do COAPES. A unidade vai reforçar o atendimento gratuito aos moradores do município e servir de aprendizado aos futuros profissionais da saúde, que cursam Medicina na instituição de ensino, localizada em Piedade.

Pelo convênio, a prefeitura cederá o terreno e irá gerenciar todo o atendimento ao público, via Sistema Único de Saúde (SUS), além de cuidar da manutenção do prédio, cuja construção será executada pela FITS, que também vai adquirir equipamentos, com os recursos do COAPES. A equipe médica da FITS atuará na unidade, no atendimento ao público e como preceptora dos alunos estagiários. Os outros funcionários, como enfermeiros e administrativo, serão disponibilizados pela prefeitura. A previsão é que o equipamento de saúde seja entregue em fevereiro do ano que vem.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.