Feriadão do 7 de Setembro é incentivo à retomada do turismo em Pernambuco

Passeio Jangada_Porto de Galinhas_Divulgação
Foto: Francisco Andrade

Setor conta com 12 protocolos de segurança, desenvolvidos pelo Governo do Estado, para empresas e profissionais que lidam com os visitantes. Expectativa é de bons números de ocupação na tradicional abertura do verão

O verão começa mais cedo em Pernambuco. Tradicionalmente, os pernambucanos têm o feriado do 7 de Setembro como a abertura não oficial da estação do sol. Neste 2020, devido à pandemia do novo coronavírus, a temporada de calor será um pouco diferente, com mais cuidados, algumas restrições, mas o certo é que: vai dar praia. E campo também.

Com bons índices de ocupação nos principais destinos do Estado, Pernambuco dá prosseguimento à retomada do turismo, seguindo rígidos protocolos de segurança, como destaca o secretário de Turismo e Lazer de Pernambuco, Rodrigo Novaes.

“A Secretaria de Turismo, a Empetur e a Vigilância Sanitária, com o trade, desenvolveram 12 protocolos de segurança só para o turismo. Eles contemplam vários segmentos e estão reunidos no nosso hotsite http://www.borapernambucar.com.br. O cumprimento deles é um dos critérios para a empresa obter o selo Turismo Seguro. Com todo o cuidado, levando em consideração sempre a saúde dos pernambucanos, o Governo do Estado segue com o plano de flexibilização. Os bons índices que vêm do trade para este feriadão apontam que estamos no caminho certo”, afirma Novaes.

E se o assunto é verão, Porto de Galinhas, o balneário mais famoso do Estado, com seu passeio de jangada às piscinas naturais, ganha destaque. Para o feriado, a ocupação média gira em torno dos 60%, segundo a Associação de Hotéis de Porto de Galinhas (AHPG). O índice é considerado muito bom pelo vice-presidente da entidade, Otaviano Maroja. “Estávamos tendo esta ocupação apenas no sábado. A chegada do feriado vai ajudar nesta retomada, sem dúvida”, considera Maroja.

Saindo do litoral e seguindo para o interior pernambucano, a promessa de bons índices também anima os hoteleiros. Entre os municípios com as melhores médias de ocupação no Agreste, estão Gravatá, Bonito e Bezerros, onde fica a bela Serra Negra, onde o frio é o chamariz dos visitantes. Segundo a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis em Pernambuco (ABIH-PE), para Gravatá, a expectativa é de 80% de média de ocupação.

Para quem curte turismo de aventura, o município de Bonito é um dos mais procurados. Além do banho de cachoeira, é possível fazer rapel e arvorismo, experimentar a tirolesa e até desfrutar de um agradável passeio de balão. Embora não haja uma média oficial de ocupação, pousadas e hotéis já observam a volta de visitantes, em especial, dos pernambucanos.

Para a presidente da Associação Pernambucana de Turismo Rural e Ecológico (Apeturr) e proprietária da Pousada Refúgio do Rio Bonito, Fátima Magalhães, os primeiros resultados da retomada do turismo já são sentidos. “Estamos operando com 100% da nossa capacidade neste feriado e temos reservas para os próximos fins de semana. Desde que reabrimos, em 14 de agosto, já sentimos o retorno dos hóspedes, e a procura tem se intensificado”, salienta ela.

Para quem vai permanecer no Recife, ou veio visitar a capital, o passeio de catamarã pelo Rio Capibaribe é um dos atrativos. Uma das empresas que operam o serviço é a Catamaran Tours, que aproveita o feriado para ampliar as saídas. Em vez de dois passeios, como vinha ocorrendo, serão cinco passeios por dia nos fins de semana e feriados. Agora, é torcer para o sol garantir um feriado digno de abertura de verão e seguir todas as recomendações da Saúde: usar máscara, álcool em gel nas mãos sempre evitar aglomerações.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.