Feriados do final do ano prometem atrair muitos visitantes a Pernambuco

Foto: Francisco Andrade

Estudo da Setur e Empetur aponta expectativa de 67% para o Natal e de 80,6% para a noite da virada no Estado

Dados levantados pela Unidade de Estudos e Pesquisas da Secretaria de Turismo e Lazer de Pernambuco e da Empetur apontam que a retomada do turismo no Estado se mantém em crescimento. Para os feriados do final do ano, a expectativa é de bons números na ocupação hoteleira de variados destinos.

No Natal, feriado que costumeiramente não apresenta os índices mais altos, a taxa média de ocupação no Estado hoje está em torno de 67%, tendo como permanência média três dias nos destinos. Neste cenário, o destaque vai para o município de Bezerros com 100% da ocupação, seguido de Garanhuns (81,4%), Itamaracá (80%), Bonito (75%) e Tamandaré (67%). O Recife apresenta uma taxa de 69%, Ipojuca, de 56%, e Noronha, 52% de ocupação média prevista.

“O turismo de Pernambuco encerra 2020 com mais otimismo, seguindo uma retomada segura, respeitando todos os protocolos, depois de um ano tão difícil para a economia mundial, não só para o Estado. Todos os esforços são para fazer o setor ainda mais produtivo. Contamos com uma resposta muito boa dos visitantes, que colocam novamente Pernambuco como um dos destinos mais buscados do País para as festas”, comenta o secretário de Turismo e Lazer de Pernambuco, Rodrigo Novaes.

Os números do Réveillon são animadores. Para a chegada de 2021, a taxa de ocupação geral do Estado hoje gira em torno de 80,6%, com a permanência média também de três dias. Pelo menos três destinos já garantiram bom público para a noite da virada de ano: Bonito, Itamaracá e Bezerros estão com 100% da ocupação. Ipojuca segue o mesmo caminho e já exibe previsão de ocupação de 81%, seguido de Fernando de Noronha, com 74%, e do Recife, com 79%.

Os principais emissores de turistas para o fim de ano em Pernambuco são: São Paulo, Rio de Janeiro, Alagoas, Rio Grande do Norte, Paraíba, Minas Gerais, Santa Catarina, Bahia e Ceará. Os turistas pernambucanos também devem circular em grande número pelo Estado.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.