Folha de São Paulo: Bezerra Coelho é o responsável por asfalto “sonrisal” de Petrolina

By 18/04/2022 - 21:46Pernambuco

A matéria de capa da Folha de São Paulo desta segunda-feira (18/04) mostra que políticos do Centrão ligados ao presidente Jair Bolsonaro usaram sua influência para concentrar recursos milionários na Codevasf em seus redutos eleitorais. A reportagem destaca que os contratos têm indícios de superfaturamento e fraude e as obras realizadas são de péssima qualidade.
O senador Fernando Bezerra Coelho, ex-líder do governo Bolsonaro é apontado como um dos envolvidos e seu filho, Miguel Coelho, um dos beneficiados enquanto esteve à frente da Prefeitura de Petrolina.

Sob o título: “Codevasf tem obra parada, asfalto ‘movediço’ e indícios de fraude em série”, a matéria destaca: “A Folha esteve em Petrolina (713 km de Recife) no fim do ano passado e encontrou uma pavimentação precária decorrente de um contrato da Codevasf abastecido com verbas destinadas pelo senador Bezerra Coelho, que ganhou até apelidos. A obra federal é chamada de farofa ou sonrisal, em referência ao esfarelamento dos trechos pavimentados, que derrete com o forte calor, gruda nos calçados dos moradores e, quando se quebra em pedaços, começa a esfarelar”.

A reportagem ainda informa que o dono de uma das empresas vencedoras das licitações da Codevasf, coincidentemente, tem relações de parentesco com FBC: “A Liga Engenharia tem como um de seus sócios Pedro Garcez de Souza, que é cunhado de um sobrinho do senador Fernando Bezerra Coelho”.

Segundo a Folha de São Paulo, Miguel Coelho “reconheceu a má qualidade da pavimentação e culpou a empreiteira do Maranhão pela precariedade do serviço. Agora Miguel Coelho é pré-candidato ao governo pernambucano”.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.