Gestão obscura: ex-prefeito Altair dá calote no INSS, não cumpre repasse constitucional e ocasiona bloqueios de mais de R$1,5 milhão nas contas da Prefeitura dos Palmares

By 12/02/2021 - 08:37Mata Sul

A cidade de Palmares, na Mata Sul pernambucana, vive hoje uma situação bastante delicada em suas finanças. A problema é uma herança calamitosa fruto da irresponsabilidade e incompetência do gestor anterior.

A má gestão do governo anterior, no ápice da sua falta de compromisso com o erário público e com a população palmarense, queria esconder debaixo do tapete com uma negação de transição de governo, buracos financeiros. Ausência de recolhimento de INSS, repasses constitucionais para educação e saúde gerando um bloqueio que juntos somam mais de R$ 1,5 milhão, nos meses de Janeiro e Fevereiro quando se soma os fruto desse descaso.

E este absurdo não para por aí de maneira nenhuma.

A saúde é de uma sensibilidade sem tamanho e foi um dos alvos do descaso pelo não cumprimento do repasse constitucional. Os cofres da cidade sofreram duros golpes desta irresponsabilidade.

Estes montantes bloqueados só mostra a herança maldita para a cidade.

A herança maldita herdada pela nova gestão do município só reforça o descaso e todo o desprezo dado a população palmarense nesses últimos 4 anos obscuros da administração passada.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.