Gloria de Goitá: parece que o cenário vai mudar

Política tem dessas coisas: depois de muita corrida de última hora sempre tem novidades

Não está sendo diferente no município da zona da Mata, Glória do Goitá. Até então parecia que tudo estava definido para a atual prefeita e candidata a reeleição, Adriana Paes (PSD), mas logo cedo neste sábado tomou as redes sociais e aplicativos de mensagem alguns vídeos com declarações muito fortes de um bate-papo entre o ex-prefeito da cidade Dr Miranda e o atual candidato a prefeito Eduardo Vasconcelos (DEM), apoiado por Miranda.

Declarações como a que Miranda faz sobre o gasto de combustíveis realizado pela prefeitura que, segundo ele, foi de r$ 1 milhão de reais mais caro que o gasto da cidade vizinha, Vitória de Santo Antão, que tem uma frota própria de 20 vezes mais carros que Glória do Goitá. ” Há uma necessidade de ser investigado urgentíssimo, urgentíssimo. Que a gente ganhe ou não ganhe as eleições vai ter que ser investigado”, fala Dr Miranda em conversa com o candidato Eduardo Vasconcelos (DEM).

E com essas e outras declarações do ex-prefeito a população ganhou oxigênio para o debate novamente e colocou em discussão a eleição da cidade. Hoje com apenas 3 candidatos voltou a polarizar a disputa entre a candidata a reeleição, Adriana Paes (PSD), e o candidato apoiado pelo ex-prefeito, Eduardo Vasconcelos (DEM).

E finalizando, Miranda faz uma declaração forte e que mexeu com o glorienses, falando sobre a Polícia Federal: “Ela fez a maior festa porque a Polícia Federal esteve na minha casa. Agora faz 5 anos que a Polícia Federal esteve na minha casa e graças a Deus eu fui absolvido. Primeiro por Deus, segundo pela polícia e depois pelo povo. Agora eu tenho a impressão que ela sai algemada”, finaliza ex-prefeito Dr Miranda.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.