Governo de Pernambuco anuncia entidades selecionadas para o Programa Força Local

By 30/09/2022 - 14:56Pernambuco

Com investimento de R$ 7,3 milhões, o 6° chamamento público do programa da Adepe beneficiará mais de cinco mil pessoas, com o incentivo a projetos em áreas como fruticultura, laticínios, pesca e confecções

O Governo de Pernambuco anunciou, nesta sexta-feira (30.09), que foram aprovados 41 projetos de 28 entidades sem fins lucrativos no 6° chamamento público do Programa Força Local. Com investimento de R$ 7,3 milhões, distribuídos por todo o Estado, mais de cinco mil pessoas serão beneficiadas e atendidas pelo programa em 42 municípios pernambucanos. Este é o maior aporte aplicado no Força Local em um só edital até o momento.

O Programa de Fortalecimento dos Arranjos Produtivos Locais (Força Local), da Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (Adepe), eleva o patamar do que é produzido no Estado, com foco em eixos como qualidade, produtividade e competitividade dos negócios. “O programa tem cumprido um papel importante e estratégico, buscando potencializar os arranjos produtivos existentes. Estamos dando alternativas de geração de emprego e renda e, ao mesmo tempo, aprimorando a vocação de tantas regiões e pessoas que trabalham para o desenvolvimento do nosso Estado”, destacou o governador Paulo Câmara, durante solenidade no Palácio do Campo das Princesas.

O 6° chamamento público nº 01DGFIAP/2022 do Força Local contempla projetos econômicos que se enquadrem nas categorias de confecções (exceto capacitação); mel; fruticultura irrigada (manga e uva); fruticultura de sequeiro (com potencial econômico); laticínios ou produção de leite; caprino e ovinocultura, avicultura de postura e corte; aquicultura e pesca artesanal; café e mandioca, todos com foco na melhoria de processos ou inovação e no desenvolvimento econômico e social do Estado de Pernambuco.

José Claudio da Silva, presidente da cooperativa Cooates, foi um dos aprovados no 6° chamamento público e expressou gratidão ao levar novas oportunidades para Barreiros, na Mata Sul. “Essa iniciativa do Governo do Estado tem feito uma grande diferença na vida da população. É um momento único e uma grande honra, tanto para mim, como ex-cortador de cana do município, como também para toda a sociedade barreirense, porque vai gerar mais oportunidades de emprego para as pessoas que mais precisam”, comemorou. 

Do 1º ao 6º edital, a Adepe já contabiliza mais de R$ 40 milhões em volume de investimentos. Ao todo, recebeu 380 projetos, com 166 aprovados e 88 entidades parceiras, beneficiando um total de 14.661 pessoas em mais de 100 municípios no Estado, nas 12 regiões de desenvolvimento. Lançado em 2019, o Força Local dobrou sua meta inicial, que previa investir RS 20 milhões de reais até 2022 em projetos com viés estruturador e qualitativo, por meio de editais de chamamento público. 

“Dezoito setores econômicos já foram contemplados durante a trajetória do programa. Várias cooperativas e associações de produtores receberam os aportes, reforçando o investimento em capacitação, compra de equipamentos e desenvolvimento de produto, melhoramento de marca e genético, no caso da produção animal”, enfatizou o diretor-presidente da Adepe, Roberto Abreu.

Nesta última seleção, alguns projetos receberam pontos extras. Entre eles, os que foram enviados por representantes dos povos e comunidades tradicionais (PCTs), projetos com foco em sistemas orgânicos de produção ou com base agroecológica e arranjos produtivos locais (APLs) com 80% de participação feminina (conforme o projeto Pernambuco com Elas). Todo o montante investido será destinado à capacitação das equipes dos APLs, compra de equipamentos, reforma de espaços e desenvolvimento de negócios.

Participaram ainda da solenidade o diretor de Fomento, Inovação e Arranjos Produtivos da Adepe, João Suassuna; e o gerente-geral da Cooperativa Cooates, Josias Luiz da Silva.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.